fbpx

Tudo que você precisa saber sobre Painel de Controle de Hospedagem

Tudo que você precisa saber sobre Painel de Controle de Hospedagem

Powered by Rock Convert

Após escolher uma plataforma para criação de sites e desenvolver o seu, você apreciará a possibilidade de ter um método simples e altamente eficiente de monitorar e cuidar de sua infraestrutura de hospedagem. A maneira mais eficaz de gerenciar todos esses processos é usar um painel de controle de hospedagem na web. Felizmente, esse problema foi resolvido por muitas empresas do ramo, pois elas disponibilizam seu próprio painel de controle ou a interface gráfica do usuário.

Essas ferramentas permitirão que você monitore e ajuste seus serviços de servidor praticamente de qualquer lugar com uma conexão de internet estável. Fizemos este pequeno guia para ajudar a entender as opções mais populares disponíveis no mercado e decidir qual é a melhor escolha para você. Acompanhe!

O que é um painel de controle de hospedagem?

Um painel de controle de hospedagem na web é uma interface que permite gerenciar e monitorar todos os seus serviços hospedados em um único local. Antes do advento deles, o gerenciamento de serviços hospedados exigia habilidades administrativas do sistema do servidor.

Os painéis da web colocaram o poder de controlar os serviços hospedados nas mãos do proprietário ou administrador do site, exigindo apenas um navegador para gerenciar totalmente seus serviços hospedados. Um painel web padrão permite gerenciar o desempenho do site, contas de e-mail, bancos de dados, nomes de domínio e você também poderá monitorar a largura de banda e o uso do espaço em disco.

Além desses conceitos básicos, os painéis de controle podem divergir com base em vários parâmetros, como recursos adicionais, facilidade de uso e em quais sistemas operacionais são executados. A maioria fornece um conjunto enorme de ferramentas. A lista geral de recursos pode variar ligeiramente de produto para produto. No entanto, aqui vamos concentrar nossa atenção nas categorias mais comuns de ferramentas:

  • gerenciamento do sistema de nomes de domínio (DNS);
  • controle sobre o DBMS — as opções mais comuns são MySQL / MariaDB e PostgreSQL;
  • gerenciamento de contas de servidor (configuração, administração de contas de usuário, cotas, direitos de acesso);
  • backups (backup completo do servidor, de contas separadas, automação, agendamento de backup);
  • gerenciamento de infraestrutura de correspondência (servidores de correio Exim, Dovecot, Postfix; configuração DKIM, SPF, DMARC; suporte a protocolos IMAP, POP3, SMTP; contas de e-mail, supervisão de fila de mensagens);
  • gerenciamento de servidor dedicado e automação de certificados SSL;
  • acesso a arquivos de log e relatórios;
  • monitoramento contínuo de todos os serviços do sistema por meio de uma interface baseada na web;
  • capacidade de instalar serviços e aplicativos adicionais;
  • suporte de sistemas operacionais Linux e Windows;
  • suporte dedicado do WordPress — CMS mais popular em todo o mundo.

Como qualquer outro software no mercado, os painéis de controle de hospedagem têm atualizações regulares e vários pacotes complementares. Há versões corporativas especiais com recursos específicos, como:

  • gerenciamento de vários servidores por meio de uma interface;
  • gerenciamento múltiplo de VPS;
  • suporte do protocolo IPv6;
  • gerenciamento de políticas de firewall e segurança.

O painel de controle permitirá que você gerencie todos os aspectos do seu servidor sem ter que recorrer a linhas de comando ou quaisquer outros utilitários. Você poderá adicionar e excluir novos usuários, bancos de dados, exibir os logs de erros do servidor, instalar softwares populares, configurar e-mail e realizar centenas de outras atividades de manutenção diárias no servidor, incluindo backup e restauração. Essa ferramenta oferece tantas possibilidades que é quase inimaginável não a utilizar na atualidade mesmo que seja tecnicamente possível.

Por que utilizá-lo?

Um painel de controle fornece uma interface gráfica que ajudará a gerenciar seu website. Por meio dela, você poderá executar funções como gerenciar os arquivos do seu site, aplicativos, e-mail e muito mais.

Sem essa interface, você teria que se logar ao servidor e gerenciar todos os arquivos do seu site da maneira ultrapassada. Alguns usuários preferem esse método, mas exigem conhecimento e experiência extensivos em desenvolvimento, visto que, se apenas um arquivo for perdido, você corre o risco de quebrar seu site.

Como você já pôde perceber, há uma série de benefícios à hospedagem na web ao utilizar um painel de controle. A seguir, vamos ver os principais pontos. Confira!

Nenhum FTP é necessário

Você precisa se preocupar com clientes FTP para fazer o upload dos dados do seu site. A opção de gerenciador de arquivos interno está disponível no painel de controle e pode ser pesquisado por meio de URL de qualquer parte do mundo. A partir da utilização desse gerenciador, você pode facilmente fazer upload, download e modificar arquivos no servidor.

Gerenciamento fácil

Você pode criar e gerenciar domínios e e-mails com poucos cliques por meio do painel de controle. Esse é o principal motivo de utilizá-lo: até mesmo usuários que não têm tanto conhecimento de informática e tecnologia podem fazer essa gestão facilmente pela interface gráfica amigável do painel de controle.

Gerenciamento de DNS

O DNS desempenha um papel importante na função de domínio e e-mail. No painel de controle, há a possibilidade de editar e adicionar registro DNS para o nome de domínio em questão com facilidade. Você pode até excluir um arquivo DNS por meio do painel de controle sem qualquer aborrecimento.

Instalações fáceis

Painéis de controle como o Plesk fornecem instalador interno de aplicativos da web. Mesmo com o cPanel, bibliotecas de script podem ser integradas. Se você deseja obter um carrinho de compras, fórum, blog ou qualquer CMS, eles poderão ser instalados e gerenciados com poucos cliques.

Além disso, você não precisa passar por nenhum tipo de problema para desinstalar o software ou os aplicativos, já que isso pode ser feito de maneira prática por meio do painel de controle.

Disponibilidade de estatísticas e registros

Você vai ter acesso aos relatórios sobre o uso de recursos e visitantes em seus sites. Ao usar ferramentas estatísticas, é possível se manter atualizado sobre as pessoas que acessam as suas páginas, bem como verificar a carga no seu servidor e gerenciá-la com facilidade.

Acompanhamento do uso dos dados

Normalmente, quando um provedor de hospedagem na web vem com um painel de controle, ele é capaz de rastrear seu uso de dados. Dessa forma, é muito fácil manter uma noção de quanto de seu plano você está usando, permitindo que você diminua o ritmo no próximo mês, se necessário, ou aumente os recursos, caso seu site experimente uma subida repentina na popularidade.

Quais são as opções de painéis disponíveis no mercado?

Há um grande número de painéis de controle que foram publicados ao longo do tempo. No entanto, nem todos atendem aos critérios listados acima. Aqui estão algumas opções populares a considerar!

cPanel

O cPanel é um painel de controle fechado e de propriedade privada que foi lançado em 1996. Ele é, na verdade, composto por dois produtos:

  • cPanel em si, que é uma interface para gerenciar software, arquivos, serviços e assim por diante (por exemplo, um servidor web, servidor de e-mail etc.);
  • WHM (abreviação de Web Host Manager), que provê contas cPanel separadas. Várias contas podem estar presentes em um servidor e o WHM é a interface administrativa para funções de nível superior para o gerenciamento delas.

O cPanel é considerado muito útil entre seus usuários por ser extremamente amigável, responsivo e bem-estruturado. Ele tem muitos recursos que o tornam um host promissor para todos os especialistas profissionais em TI, bem como para os usuários amadores.

Além disso, oferece um fórum da comunidade, biblioteca de documentação e suporte técnico como parte de sua assinatura. Cada conta do cPanel está correlacionada com um domínio primário ao qual seus serviços são atribuídos. Entretanto, domínios secundários podem ser adicionados.

O WHM é frequentemente usado por revendedores de hospedagem na web. Nesse contexto, pode ser utilizado para criar contas do cPanel no seu Linode e vender o acesso a elas aos clientes. Há também a possibilidade de criar marcas visuais personalizadas para a conta a fim de que você possa representar sua empresa de revenda para seus clientes em sua interface cPanel.

Plesk

O Plesk também é um painel de controle fechado e de propriedade privada. Porém, foi lançado alguns anos depois, em 2001. Assim como o cPanel, ele fornece a capacidade de criar contas de clientes individuais as quais podem configurar serviços da web, de e-mail e outros aplicativos.

Além dessa funcionalidade central, o Plesk também pode orquestrar implantações de vários servidores. Desse modo, um nó de gerenciamento Plesk coordena com nós de serviço individuais. Também são oferecidos fóruns da comunidade, biblioteca de documentação, suporte técnico pago e serviços profissionais pagos.

DirectAdmin

O DirectAdmin é o mais barato entre os cinco principais painéis de controle existentes. Mesmo custando menos do que a concorrência, não economiza em funções, confiabilidade ou segurança. Ele foi projetado para ser rápido e compacto, visto que a carga nos recursos é bastante baixa. Em ambientes de hospedagem restrita, ele deixa mais recursos para o seu site.

Conhecido por ser estável, o DirectAdmin precisa de pouca manutenção e usa código mínimo. É fácil expandir e manter. De modo geral, o tempo de inatividade não planejado é baixo, pois se recupera de forma automática após uma falha. Também há a possibilidade de modificá-lo sem tempo de inatividade.

Além disso, esse painel de controle oferece a maior parte da configuração do servidor por meio da interface do usuário, mas é preciso configurar manualmente o shell do root. Alguns administradores de servidores preferem ter esse tipo de controle em comparação com a abordagem automatizada do cPanel.

O DirectAdmin é o melhor na relação entre custo e benefício. Um dos mais baratos e simples do mercado, é uma opção menos dispendiosa que o cPanel, visto que geralmente é comercializado por menos da metade do preço deste, mas ainda cobre todos os elementos básicos. A engenharia por trás do painel de controle deve ser leve (usando menos recursos), o que resulta em uma interface ligeiramente menos polida.

VestaCP

O VestaCP (também chamado apenas de Vesta) é um painel de controle de código aberto liberado sob licença pública. Ele é uma alternativa gratuita que oferece um conjunto similar de recursos para opções pagas como cPanel e Plesk e ainda fornece scripts de instalação fáceis para combinações específicas de serviços.

Enquanto o núcleo do Vesta é gratuito, plugins comerciais pagos para duas funções podem ser comprados: um gerenciador de arquivos web e acesso restrito chroot SFTP. Esse painel de controle oferece um fórum da comunidade e biblioteca de documentação.

Virtualmin

O Virtualmin é um painel de controle gratuito e de código aberto licenciado sob a GPL. Ele foi construído em cima do Webmin e o relacionamento entre os dois é semelhante ao WHM e ao cPanel. O Webmin é uma interface para funções comuns do painel de controle e o Virtualmin é usado para gerenciar vários usuários do Webmin.

Há ainda uma versão paga do Virtualmin Pro que inclui mais aplicativos instaláveis, um editor de website WYSIWYG e suporte premium. Ele também oferece um fórum da comunidade e biblioteca de documentação.

Painéis de controle de hospedagem personalizados

Alguns serviços de hospedagem na web desenvolveram um painel de controle personalizado oferecido como um recurso de hospedagem padrão. Se você fez uma demonstração de alguns painéis de controle comerciais e de código aberto, já deve ter uma ideia do que esperar.

É importante avaliar se o painel de controle personalizado oferece uma boa experiência de usuário, pois alguns oferecem uma interface limpa e intuitiva enquanto outros são confusos. Além disso, é preciso revisar a facilidade de uso e os recursos do painel de controle personalizado incluído em um serviço de hospedagem que você está considerando.

Para iniciantes, a escolha de um serviço com um painel de controle personalizado também pode dificultar a troca de serviços posteriormente. Nesse caso, escolher um serviço que usa um painel de controle popular, como o cPanel, pode facilitar a migração para outros serviços de hospedagem que também o utilizam, visto que você já estará familiarizado com a interface.

Como escolher o painel ideal para a sua empresa?

Não é uma decisão fácil escolher um painel de controle correto para sua conta de hospedagem na web — especialmente quando você tem várias opções disponíveis no mercado.

Como é possível notar, o preço não deve ser o único fator na hora da escolha. Por isso, vamos demonstrar outros aspectos que devem considerados para optar pelo painel certo e reduzir o gerenciamento de hospedagem. Em primeiro lugar, os recursos básicos devem estar disponíveis para facilitar a operação do seu servidor. São eles:

  • suporte aos servidores da web: isso ajuda no gerenciamento de todos os níveis de configurações por meio do ambiente baseado na web sem a necessidade de fazer o login no seu servidor e fazer mudanças a partir daí;
  • suporte aos servidores de banco de dados: é essencial para que você possa criar e/ou gerenciar o banco de dados a partir do painel, além de executar seus próprios backups e restaurações;
  • suporte aos servidores de e-mail com todos os recursos, como criação de usuários, configuração do encaminhador, alias de e-mail, recursos antispam etc.: esse recurso é muito útil porque a maioria dos usuários interage muito com os e-mails e prefere gerenciar suas próprias contas;
  • suporte à instalação e configuração de certificados SSL: essa é uma configuração avançada que pode ser feita diretamente no painel para evitar falhas enquanto instala manualmente o certificado do servidor;
  • suporte à integração de terceiros: caso você pretenda usar esses complementos, uma integração com o painel de controle ajudará para que os usuários finais não precisem gerenciar a partir de vários painéis;
  • painel desenvolvido ativamente com recursos de atualização e segurança: isso é importante para garantir que seu painel permaneça completamente seguro e estável, o que, por sua vez, ajuda na estabilidade de seu próprio servidor. Considerando que existem vários problemas de segurança que surgem com muita frequência, é de extrema importância garantir que o seu painel de controle esteja em desenvolvimento ativo e que todos os problemas sejam atendidos prontamente para garantir um ambiente de hospedagem absolutamente seguro.

Após considerar esses pontos básicos, veja, a seguir, alguns dos pontos aos quais você deve se atentar antes de escolher um painel de controle.

Interface de usuário facilmente gerenciável

Simplicidade da interface é muito importante, pois, caso contrário, os usuários podem ficar confusos. Os painéis de controle devem facilitar as tarefas do administrador do sistema para que até mesmo pessoas com pouco conhecimento técnico possam executar as tarefas plenamente.

Independência de plataforma

A maioria dos painéis de controle disponíveis on-line é criada para servidores baseados em Linux. Se o site que você criou for codificado em asp.net, que funciona bem com os sistemas Windows, você precisa escolher um painel de controle que funcione nos servidores desse sistema operacional.

No que diz respeito à independência de plataformas, o Plesk é a opção mais popular. Ele funciona em servidores Linux baseados em Debian e RPM e também em servidores Windows.

Suporte e fóruns

Depois que um painel de controle é instalado em um servidor, é muito importante ter um bom suporte para o caso de haver algum problema no gerenciamento dos serviços. A maioria dos painéis de controle proprietários oferece suporte, porém, no caso dos painéis livres, é importante ter um fórum ativo em que a maioria dos tópicos relacionados a bugs e outros erros sejam discutidos, já que não há suporte disponível para 90% deles.

Recursos e suporte de software

É essencial que o painel de controle suporte qualquer software original ou recursos necessários que você precise instalar no servidor. Por exemplo, no Nginx com, a configuração do servidor web PHP-FPM não funciona bem com o cPanel. Logo, você precisa levar em conta se os aplicativos que está usando são compatíveis com o painel.

Custo-benefício

Se você não puder pagar por um painel de controle, escolha um grátis. Se tiver um orçamento, opte por um pago que atenda às suas necessidades e ofereça um bom suporte técnico caso você precise de ajuda. As melhores opções seriam cPanel, Plesk e DirectAdmin.

Atualizações de estabilidade e segurança

Como já citamos, a estabilidade e a segurança do servidor são fatores muito importantes e afetarão seus negócios se não forem mantidos adequadamente. É primordial que não haja tempo de inatividade desnecessário para os usuários.

Também considerando o fato de que existem hackers e invasores em todos os lugares, é fundamental atualizar os patches e os bugs e manter o servidor seguro. Ao escolher um painel de controle, verifique se é estável e se há atualizações de segurança disponíveis regularmente.

Embora os painéis de controle sejam importantes, a maioria dos provedores de hospedagem inclui bons painéis como um recurso-padrão. Esse deve ser um requisito mínimo para incluir um serviço na sua lista de provedores de hospedagem a fim de avaliar se é improvável que seja um diferencial importante. Colocando todas as coisas juntas, vamos tentar dar algumas breves recomendações sobre como escolher o melhor painel de controle para seus propósitos.

Em primeiro lugar, é fundamental entender que um painel de controle está diretamente ligado ao seu conforto e comodidade. Sempre será mais fácil usar um painel com o qual você e seus clientes já tenham experiência. Isso não significa que você não deve tentar nada novo, mas precisa se preparar para aprender como usar uma outra interface e recursos inovadores.

Por último, mas não menos importante, escolha sempre um instrumento adequado que corresponda às suas necessidades. É ótimo escolher uma solução rica em recursos se você realmente for utilizá-los. No entanto, se o seu objetivo é simplesmente hospedar alguns sites usando uma solução simples dentro de um pacote VPS mínimo, terá resultados muito melhores e economizará tempo e dinheiro.

Como acontece com qualquer produto de software, a melhor maneira de avaliar um painel de controle de hospedagem é fazendo um período de experimentação e testes. A maioria deles oferece uma visualização on-line ao vivo ou uma avaliação gratuita que ajuda a analisar a funcionalidade e a facilidade de uso da interface gráfica.

Gostou deste guia completo sobre painéis de controle de hospedagem? Agora que você sabe mais sobre o assunto, entre em contato com a gente para otimizar a hospedagem do seu site. Será um prazer ajudá-lo.

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of