Certificado de segurança: o que é e qual a importância para o site?

Certificado de segurança: o que é e qual a importância para o site?

Fundamental e de extrema importância para todo e qualquer tipo de negócio que atue na Internet, o certificado de segurança é o mínimo necessário para que você consiga proporcionar aos seus clientes um ambiente seguro e que garanta a credibilidade do seu site.

Em tempos de invasões e ameaças cibernéticas, nada mais justo do que proteger os dados pessoais e financeiros dos usuários. Embora não seja tido como obrigatório em blogs ou sites de pesquisa, o indicado é utilizá-lo.

Essa é a recomendação geral, até porque ele favorece o seu posicionamento no Google. Nas lojas virtuais, sua utilização é uma obrigação.

Independentemente da sua realidade, preparamos este artigo para apresentar os principais pontos em relação ao certificado de segurança. Não perca essa leitura em hipótese alguma. Confira!

O que é um certificado de segurança?

Proteção padrão e que serve para assegurar uma conexão segura com a Internet, é sobre isso que estamos nos referindo quando falamos do certificado de segurança.

Mais conhecido como Certificado Digital SSL (Secure Socket Layer), sua aplicação nos websites visa garantir a integridade dos dados sensíveis que “circulam” entre os sistemas de relação. Via de regra, site e servidor de hospedagem.

Sua função é impedir a leitura e a modificação das informações transferidas nessa conexão. Os hackers ou os softwares maliciosos podem até tentar, porém, a chance de descobrirem algo é praticamente nula.

Essa é a razão pela qual as lojas virtuais devem ter, obrigatoriamente, certificado de segurança, já que precisam garantir que os dados dos seus clientes (documentos, cartões de crédito, endereços etc) estejam 100% protegidos.

Em resumo, o certificado de segurança SSL evita que qualquer informação transferida entre dois sistemas (ou entre sites e usuários) sejam expostas a ponto de colocá-las em perigo: ele foi desenvolvido para dar proteção aos internautas contra o roubo de seus próprios dados. Simples assim.

Como funciona?

No que diz respeito ao seu funcionamento, a palavra-chave é “criptografia”. Com a utilização de algoritmos criptografados, essa tecnologia é capaz de codificar os dados originais de modo a tornar o seu significado incompreensível.

Embora a técnica seja antiga (usada para codificar mensagens sobretudo em assuntos ligados à guerra), a criptografia do SSL é de uma arquitetura extremamente complexa.

Por mais que tentem, os criminosos virtuais não conseguirão “desembaralhar” as informações que estão tentando sequestrar. Aliás, é pouco provável que consigam sequestrá-las, pois o certificado de segurança torna o seu acesso uma tarefa um tanto quanto complicada (para não dizer impossível).

Para fortalecer o seu entendimento, saiba que a criptografia é trabalhada com base em um procedimento que envolve uma chave pública e outra privada, sendo utilizadas para codificar e decodificar o conteúdo dos dados.

Entretanto, não entraremos a fundo nessa questão das chaves. A única coisa que você precisa saber é que é somente o servidor de hospedagem quem conseguirá o acesso integral.

Por que ele é importante para o site?

Engana-se quem pensa que a proteção dos dados é o único motivo pelo qual o certificado de segurança é importante para o site. Embora seja essa a sua atribuição principal, muito bem-feita, por sinal, o SSL também tem sua contribuição para os rankings de pesquisa dos buscadores online.

Entre eles está o Google, que anunciou em uma nota oficial que o seu navegador, o Chrome, exibirá um alerta para que os usuários da rede saibam quando estão navegando em páginas não seguras (HTTP): isso é apresentado antes da URL da página.

Dessa forma, eles estarão ambientados sobre se devem ou não fornecer as suas informações. A partir dessa posição, outros players de expressão na Internet também se pronunciaram a favor de uma navegação cada vez mais segura.

Um deles foi o WordPress, que desde 2017 começou a tomar uma série de ações para que todos os sites criados e gerenciados pelo seu CMS estejam hospedados em servidores com o HTTP ativo (HTTPs).

Além disso, não poderíamos deixar de falar que a adoção do certificado de segurança SSL refletirá diretamente no ganho de credibilidade da sua marca, contribuindo, desse modo, para o crescimento do negócio.  

Quais são as opções existentes no mercado?

Basicamente, há três tipos de certificações SSL:

  • certificados para validação de domínio;
  • certificados para validação organizacional;
  • certificados para validação estendida.

Cada um deles têm outras três variantes: Single Domain, Multi-Domain e Wildcard. Apesar das diferenças, todos eles contam com o mesmo nível de segurança, isto é, a criptografia utilizada é a mesma.

Isso quer dizer que a opção mais barata já será o suficiente para garantir um alto nível de proteção.

Como contratar um certificado de segurança?

Mais fácil do que se imagina e com um custo-benefício sem igual, a contratação de um certificado de segurança poderá ser feita diretamente pela sua hospedagem.

Na ValueHost, você terá acesso aos principais certificadores do mercado, como GeoTrust e Comodo. Seja qual for, lhe será disponibilizado um selo se segurança para comprovar que o seu site é totalmente seguro.

A criptografia será completa, incluindo todas as suas páginas. Isso significa que todas as informações e transações que por elas ocorrerem estarão protegidas. Se essa era uma de suas preocupações, ela acaba agora mesmo.

Como saber que sites o utilizam?

Antes de concluirmos, é interessante que você saiba quais são os sites que utilizam o certificado de segurança. O selo em si não é uma garantia, visto que “falsificações” também ocorrem na Internet.

A melhor forma de saber é verificar se o HTTP está ativo. Nesse caso, como expressamos, ele receberá o sufixo “s” (HTTPs), antecedendo a URL da página.

No Google Chrome, haverá além do HTTPs um “cadeado” seguido da palavra “seguro”. Dependendo do SSL, o “seguro” será substituído pelo nome da companhia. Tudo estará em verde.

Por fim, lembre-se de que, se você quiser construir uma boa reputação no mundo digital, o primeiro passo é garantir a proteção das informações.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo sobre o certificado de segurança. Se quiser saber mais e deseja tê-lo em seu site, entre em contato conosco. Nossa equipe está pronta para atender e tirar todas as suas dúvidas!

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of