fbpx
Hospedagem

Xampp ou Wamp: qual a melhor alternativa?

A escolha entre o XAMPP e o WAMP deve ser feita com base na demanda e nível de conhecimento do usuário, sendo que o primeiro é considerado mais amigável a pessoas leigas, pois apresenta um maior detalhamento, enquanto o segundo é voltado mais para profissionais experientes.

Um site pode ser dividido em duas dimensões, o frontend (o que o cliente vê) e o backend (o que roda no servidor). Toda vez que você interage com um site, seja clicando em um botão ou enviando um formulário, está mandando uma requisição para um servidor, que manda de volta uma resposta. Você pode pensar no servidor como um armazém remoto onde o site, juntamente de todos os seus recursos, é armazenado com segurança.

Alugar esse servidor custa dinheiro e, se você está desenvolvendo um site para um projeto de faculdade ou para fazer testes, não há a necessidade de gastar essa grana. Nesse cenário, uma boa solução é a utilização de um servidor de desenvolvimento local, utilizando o XAMPP e o WAMP, que será executado na mesma máquina em que o site está sendo desenvolvido.

Entretanto, a pergunta crucial é: XAMPP ou WAMP qual o melhor? Neste post, explicaremos como funcionam essas duas soluções, analisando as diferenças e semelhanças. Confira!

O que significa XAMPP?

O XAMPP é uma solução de código aberto que é utilizada como um servidor local, simulando um servidor web real em uma máquina doméstica. É uma solução muito utilizada por estudantes que precisam testar os seus códigos e por profissionais de desenvolvimento que ainda não têm um orçamento para alugar um ambiente de testes remoto.

O termo XAMPP é uma sigla que na qual cada letra tem um significado relacionado a um recurso dessa solução. O significado dessa sigla é:

  • X — representa uma cruz, indicando multiplataforma (compatível com vários sistemas operacionais, como Windows e Linux);
  • A — Apache HTTP Server, mais conhecido como Apache;
  • M — MySQL, o banco de dados mais utilizado entre os iniciantes;
  • P — PHP, linguagem de programação mais popular utilizada no backend e base dos principais CMS, como o WordPress;
  • P — Perl, uma linguagem de programação de alto nível.

Juntos, esses componentes formam um ambiente integrado, onde os desenvolvedores podem executar tarefas como o gerenciamento do servidor e das portas associadas. Podem também, manter um banco de dados para armazenar, buscar ou editar os dados relacionados ao usuário para o site e escrever scripts que permitam a troca de dados entre o site e esse banco de dados.

O que é WAMP?

Assim como o XAMPP, o WAMP também é um pacote de servidores de desenvolvimento local que oferece aos desenvolvedores a oportunidade de testar seus sites localmente, antes de colocá-los em um servidor de hospedagem para publicá-lo. Outra semelhança entre o XAMPP e o WAMP é que o nome da segunda solução apresentada neste texto, também é uma sigla, que significa:

  • W – Windows;
  • A – Servidor APACHE HTTP;
  • M – MySQL;
  • P – PHP.

O “A”, “M” e “P” no WAMP têm o mesmo significado que têm no XAMPP, mas, como você deve ter notado, o X foi substituído por um “W” e o último “P” foi eliminado. Isso acontece porque o WAMP foi desenvolvido para ser executado apenas no Windows, daí o “W”. A falta do segundo “P” indica que essa solução não oferece suporte padrão para o Perl, exigindo que o desenvolvedor configure essa linguagem de maneira manual.

Como instalar o WampServer?

Como vimos, para criar, testar ou importar seu site em sua máquina, ou para fazer a importação de um site existente, você terá que instalar o WAMP. Veja abaixo o passo a passo para fazer a instalação.

1. Baixe o app no site oficial

Não é necessário preencher as informações que serão solicitadas no pop-up, caso não queira. Faça o download clicando em “Ir para download direto”. Um detalhe importante sobre esse primeiro momento, é que o Skype bloqueia o WAMP, ou seja, se você utiliza essa ferramenta, não esqueça de fechá-la antes de fazer a instalação. 

Durante esse processo você tem a opção de escolher um navegador e um editor padrão para trabalhar em suas configurações. A instalação é básica, como qualquer software no Windows, basta seguir as instruções e o WampServer será instalado na hora.

2. Inicie o WampServer

Após a conclusão da instalação, é hora de iniciar o app. Para isso, abra o programa e espere o ícone aparecer na barra de tarefas. O WampServer aparecerá com o sinal vermelho, seguido pelo amarelo e pelo verde, que é quando realmente ele está funcionando e seu computador se torna um servidor web simulado.

3. Teste o Localhost

Para acessar o localhost você precisará desconectar da sua internet, ir até o navegador escolhido e digitar o endereço http://localhost. Seu navegador não exibirá a página de desconectado, ou seja, você estará logado no servidor local. Outra maneira de abrir a página de localhost é clicando no ícone do WampServer na barra de tarefas e, em seguida, no menu suspenso, clicar em “localhost”.

Além desses passos, é importante que você verifique se o WAMP criou a pasta que permitirá o teste da aplicação web e seu computador. Essa pasta é denominada “www” e está situada no endereço “C:\wamp\www”, que você deverá inserir no navegador. Há também a possibilidade de acessá-lo pelo windows explorer ou no ícone do WampServer indo para a opção “diretório www” que estará presente no menu suspenso. 

Quais são as diferenças entre XAMPP e WAMP?

Agora que já sabemos o que são XAMPP e WAMP, vamos entender melhor as diferenças entre essas duas soluções, para que você saiba qual escolher. Temos que destacar que as duas soluções são de código aberto, ou seja, qualquer pessoa pode baixá-las, sem restrições ou pagamentos. Veja abaixo as diferenças.

Desenvolvedores

O XAMPP foi desenvolvido pela Apache Friends, uma organização sem fins lucrativos fundada em 2002. Já o WAMP é a criação de um engenheiro francês, Romain Bourdon, que lançou este projeto de código aberto em 2003.

Sistema operacional

O XAMPP oferece uma grande vantagem de ser compatível com uma variedade de sistemas operacionais. Existem três downloads diferentes disponíveis, para Windows, Linux e macOS. O WAMP, por outro lado, restringe os usuários, pois eles não podem usá-lo em máquinas que executam sistemas operacionais que não sejam o Windows de 32 bits ou 64 bits.

Tamanho do download

Embora os tamanhos de arquivos de ambos os pacotes sejam aproximadamente pequenos, o WAMP é quase quatro vezes o tamanho do XAMPP, que é de apenas 149 MB para Windows e Linux e 158 MB para macOS. Por outro lado, a versão de 64 bits do WAMP para Windows tem cerca de 518 MB.

Instalação e configuração

A maioria dos usuários acha muito mais fácil instalar e configurar XAMPP, por ter um processo auto explicativo. O instalador pergunta quais componentes você gostaria de instalar a partir do pacote, sendo essa a única parte de tomada de decisão que o usuário terá na instalação.

A seção de perguntas frequentes no site do XAMPP, o FAQ, também oferece um bom suporte aos usuários e fornece respostas para questionamentos comuns e para os problemas que enfrentam.

O WAMP, por outro lado, pode ser confuso para as pessoas mais leigas. A página inicial do WAMP traz algumas instruções básicas sobre como baixar e instalar o software, que podem ser muito simplificadas para um iniciante. Isso porque, algumas das explicações sobre os recursos do pacote partem do princípio de que o usuário já está familiarizado com os termos técnicos.

Uma das vantagens para quem está iniciando na utilização dessas soluções, é que ambos os sites disponibilizam um fórum no qual os usuários podem fazer perguntas, tirar dúvidas e interagir com desenvolvedores do mundo todo.

Para que serve o Filezilla no XAMPP? 

Para respondermos essa questão, precisamos primeiro entender o que é e como funciona o FileZilla. Estamos falando de um dos softwares mais populares de FTP, muito útil para quem trabalha com o gerenciamento de contas de hospedagem de sites. 

Com o FileZilla, o administrador consegue criar, navegar, editar e excluir arquivos armazenados em uma conta de hospedagem. 

O FileZilla é um facilitador de quem tem um projeto na internet, e necessita de gerenciar pastas, arquivos e documentos, por possibilitar que as transferências de arquivos, downloads e uploads, aconteçam de maneira rápida e segura.

Quais são os benefícios de utilizar o FileZilla?

O FileZilla não é um aplicativo popular a toa, há uma série de vantagens que colocam essa ferramenta no topo das aplicações de FTP, dentre as quais se destacam:

  • interface intuitiva — o FileZilla foi desenvolvido para a usabilidade simplificada, evitando ser uma ferramenta restrita a profissionais extremamente qualificados;
  • facilidade de acesso ao código fonte — possibilitando que os desenvolvedores consigam acessar os arquivos e providenciar as correções;
  • agilidade nas transferências — ao utilizar o FileZilla, o profissional deixa de perder tempo com uploads e downloads lentos na hora de transferir arquivos;
  • compativel com CMS — projetado para ser um facilitador, o FileZIlla é compátivel com os principais CMS do mercado, incluindo o mais popular, o WordPress;
  • permite a instalação de plugins e temas — com o FIleZilla é possível otimizar o seu site adicionando qualquer tema ou plugin via FTP.

Como conectar o FTP utilizando o XAMPP?

A primeira coisa que devemos saber é que o XAMPP já vem pré-carregado com o servidor FTP do FileZilla. Para utilizá-lo, o usuário só precisará fazer uma configuração simples. No Painel de Controle do XAMPP, habilite o serviço FTP do Filezilla — para iniciar de forma automática, marque a caixa de seleção e inicie o serviço de forma manual;

Depois, é hora de criar sua conta FTP utilizando a interface do servidor FileZilla — o painel de controle do FIlezilla, que deve ser feito por meio de um link que está no menu inicial, na pasta XAMPP. Para a configuração, vá em “Usuários” depois em “Adicionar usuário” e prossiga até a conclusão. Para finalizar, tente se conectar ao servidor por meio do host local.

Qual é a diferença entre WAMP, LAMP, MAMP e XAMPP?

WAMP, LAMP, MAMP e XAMPP atuam como servidores locais que são usados ​​para desenvolver um site PHP no localhost. A principal diferença entre WAMP, LAMP, MAMP e XAMPP é do sistema operacional. WAMP que, como sabemos, é usado para Windows, LAMP para Linux, MAMP para Mac e XAMPP pode ser usado para qualquer sistema operacional. Veja abaixo um resumo das características de cada um.

WAMP

O WAMP é usado apenas para o sistema operacional Windows, sendo que seu nome é uma sigla para Windows, Apache, MySQL e PHP. É uma plataforma de código aberto que usa o servidor da web Apache. O sistema de gerenciamento de banco de dados relacional para WAMP é MySQL. PHP (Hypertext Preprocessor) é a linguagem de script orientada a objetos.

LAMP

LAMP é usado apenas para o sistema operacional Linux, sendo que seu nome é uma sigla para Linux, Apache, MySQL e PHP, assim como o WAMP, também é uma plataforma de código aberto, também usa o servidor da web Apache, sistema de gerenciamento de banco de dados relacional MySQL e o PHP é a linguagem de script orientada a objetos.

MAMP

MAMP é usado apenas para o sistema operacional Mac, sendo que seu nome é uma sigla para MAC, Apache, MySQL e PHP. Também é uma plataforma de código aberto que usa o servidor da web Apache, sistema de gerenciamento de banco de dados relacional para MySQL e PHP.

XAMPP

O XAMPP pode ser usado para qualquer sistema operacional, sendo que seu nome é uma sigla para X-os, Apache, MariaDB, PHP e Perl. X-os indica que pode ser usado para qualquer sistema operacional. É um pacote gratuito, de código aberto e de plataforma cruzada, desenvolvido pela Apache Friends . O XAMPP vem com recursos extras, como suporte a Perl, FileZilla, Mercury Mail e alguns outros scripts.

Como vimos, antes de contratar um servidor de hospedagem para o seu site, pode ser necessário aplicar alguns testes e isso demandará a criação de um servidor web a partir de um computador convencional. Para isso, você pode optar pela utilização de softwares específicos. Este post vem para ajudar a você a definir qual escolher. XAMPP ou WAMP qual o melhor? Depende da sua demanda e de seu nível de conhecimento técnico.

Gostou do post? Então, curta a nossa página do Facebook e receba em primeira mão as nossas novidades.