fbpx

Quando falamos de desenvolvimento web, sempre vem uma das principais linguagens de programação que envolvem esse procedimento: JavaScript ou PHP. Estamos falando de duas linguagens utilizadas para o desenvolvimento de partes diferentes de uma aplicação web, mas que, para quem não está muito familiarizado, podem gerar confusão quanto a suas aplicações.

Enquanto uma é utilizada para dar dinamismo à página, agregando interatividade e qualidades estéticas, a outra é usada do lado do servidor, sendo a linguagem responsável por adicionar funcionalidade às páginas, transformado-as em aplicações web.

Neste post, vamos conhecer melhor o que são as linguagens JavaScript e PHP, suas características e diferenças. Confira!

Quais são as características da linguagem PHP?

PHP é uma das linguagens de programação mais populares do mundo, além de ser a base do CMS mais utilizado, o WordPress, de seus plugins e widgets. É uma linguagem que permite a transformação de um site em uma aplicação web, adicionando dinamismo e funções para os elementos presentes na página. 

Por ser tratar de uma linguagem de scripts, o PHP é quase sempre utilizado em conjunto com o HTML, linguagem responsável pela estruturação dos sites.

A interação entre o PHP e o JavaScript acontece quando o desenvolvedor insere um código PHP dentro de um código HTML, seja para dar função para um botão, ou para oferecer base para um formulário, permitir acesso ao banco de dados etc.

O PHP é executado quando a acessamos uma página na internet, pois o navegador envia uma requisição para o servidor, que envia para o navegador os códigos relacionados ao front-end — que forma a imagem que vemos em nossos navegadores.

Quais são as principais característica do JavaScript?

Enquanto o PHP é uma linguagem que roda no lado do servidor, JavaScript é tem como foco o lado do cliente, ou seja, a interface do site. Com essa linguagem, é possível controlar o HTML e o CSS, para adicionar interatividade e dinamismo à página. 

Por exemplo, quando você acessa uma página e ela traz uma galeria de imagens interativa, o JavaScript está por trás. Quando passa o mouse sobre um item do menu e aparece um submenu, novamente temos o JavaScript trabalhando.

Entenda a origem do JavaScript

Ao contrário do que muita gente pensa, o JavaScript não foi criado pela W3C, mas por um desenvolvedor chamado Brendan Eich, na Netscape. O primeiro nome dado à linguagem foi LiveScript, mas logo ele foi mudado, como estratégia de marketing, para JavaScript — uma referência clara a linguagem Java, uma das mais relevantes a época.

Atualmente, a linguagem é mantida pela ECMA — European Computer Manufacturer’s Association —, que mudou o nome oficial da linguagem para ECMAScript, que não pegou entre os profissionais do desenvolvimento (todos continuamos chamando-a de JavaScript).

Quais são as principais diferenças entre PHP e JavaScript?

Para falarmos das diferenças entre PHP e JavaScript, temos que lembrar que o desenvolvimento web apresenta uma peculiaridade em relação ao tradicional — focado em programação para desktops, que é a diferença entre cliente e servidor. 

Para que um site fique online, sempre haverá a necessidade de uma máquina central (o Servidor) e os computadores que farão a ligação entre ela e os clientes.

O PHP é um ambiente de desenvolvimento voltado para os servidores, ou seja, o código é rodado apenas no servidor de hospedagem. Já o JavaScript é rodado no navegador dos clientes, ou seja, ajuda a formar a imagem que você vê na tela de seu computador ou smartphone. 

Podemos dizer que o PHP é uma linguagem criada para a execução de serviços, já a linguagem JavaScript nasceu com o foco em entregar maior interatividade a página.

Ao contrário do que muita gente pensa, não há a necessidade de escolher entre PHP e JavaScript, pois as duas podem ser utilizadas em conjunto na hora de desenvolver a sua página, agregando ao HTML e CSS.

Como são estruturadas as camadas que formam um site?

O desenvolvimento web é elaborado e estruturado em camadas, sendo que 4 são as básicas: a estruturação e base do site fica por conta do HTML, o estilo e formatação ficam a cargo do CSS, comportamento fica por conta do JavaScript e a adição de funcionalidades do lado do servidor, por conta do PHP.

O HTML é a linguagem de marcação e, como o próprio nome sugere, indica quais são os elementos presentes na página e a localização de cada um. De uma forma simplificada, podemos dizer que o HTML é o alicerce de uma página.

Já o CSS é a linguagem de estilo, que serve para formatar os elementos do HTML. É com essa linguagem que a página ganha cores, transições, efeitos e fontes estilizadas. A linguagem vem crescendo exponencialmente e algumas funções que eram de exclusividade de JavaScript, como a criação de menus retráteis, já estão sendo criadas apenas com códigos CSS.

Veja como PHP e JavaScript exercem papeis diferentes

O JavaScript manipulas as outras duas linguagens, HTML e CSS, agregando interatividade, por exemplo, criando as funções que permitem a utilização e uma galeria de imagens dinâmicas em um site. Todos os botões de movimentação, como as setinhas para mudar de foto, são desenvolvidos com o JavaScript. Já o PHP ganha força com o WordPress e seus plugins.

A linguagem JavaScript está em plena evolução, com uma comunidade de colaboradores enorme, que ajuda no desenvolvimento da linguagem. Atualmente, já possível criar uma aplicação web do início ao fim apenas com JavaScript, atuando no front e back-end graças a bibliotecas e interpretadores, como o Node JS.

Como vimos, neste post, a escolha entre JavaScript ou PHP nem sempre é necessária, pois estamos falando de linguagens que se complementam na estruturação de uma aplicação web. Apesar de já ser possível trabalhar com JavaScript no lado do servidor, o PHP ainda é a linguagem mais popular para esse tipo de desenvolvimento.

Se o seu desejo é se tornar um profissional full stack, ou seja, que domine tanto o lado do cliente e do servidor, a melhor escolha será trabalhar com JS. Se o seu objetivo é personalizar elementos do WordPress, invista em PHP.

Gostou do post sobre escolher entre JavaScipt ou PHP? Então, ajude-nos a divulgá-lo, compartilhando com seus amigos e familiares nas suas redes sociais.

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.