fbpx

O setor de tecnologia da informação, a cada dia, se torna responsável por um número maior de aplicações dentro das empresas. Com essa demanda de serviços crescendo, entregando para o setor de TI um novo papel muito mais estratégico, a adoção de novas ferramentas do servidor dedicado se torna indispensável.

São essas ferramentas que auxiliarão as empresas na busca por uma melhor planejamento estratégico, seja para alinhar as expectativas internas ou para atender às demandas dos clientes. Essas ferramentas poderão ser, desde metodologias até softwares ambientados em um servidor dedicado e que são utilizadas para fins específicos.

Neste post, vamos entender o que é um servidor dedicado, a importância deles para esse novo momento de transformação digital e as ferramentas que suporta para o planejamento estratégico. Confira!

O que é um servidor dedicado?

Podemos definir um servidor dedicado como um modelo de hospedagem, tanto para sites, como para sistemas, como ERP ou BI — Business Intelligence —, em que a empresa passa a contar com um servidor exclusivo em um determinado datacenter.

Essa exclusividade abre margem para personalizações e customizações, de acordo com as necessidades da empresa, com a aquisição de recursos como processamento e armazenamento, sem pagar por recursos ociosos.

A diferença marcante entre um servidor compartilhado e um dedicado é justamente o fato do segundo ser uma hospedagem em que o usuário compartilha o ambiente com os demais clientes em um provedor.

Dependendo do volume de tráfego dos usuários que compartilham esses servidores, o desempenho poderá ser limitado, criando problemas de disponibilidade, de acesso ao seu sistema de gestão, ou deixando o seu site fora do em determinados momentos de pico.

Como funciona o servidor dedicado?

O servidor dedicado funciona da mesma maneira que funcionaria um data center local dentro da empresa. Isso porque, nessa solução, a empresa pode configurar esse ambiente da maneira que desejar, de acordo com suas necessidades. Como o próprio nome sugere, estamos falando de um servidor dedicado, que está 100% à disposição do negócio.

Quais são as principais ferramentas do servidor dedicado que ajudam na gestão de projetos em TI?

Agora que já sabemos o que é um servidor dedicado e seu funcionamento, vamos entender melhor quais são as soluções que ajudam na otimização de gestão de projetos e na sua execução.

Armazenamento e backup na nuvem

O servidor dedicado em um data center remoto facilita a criação de um banco de dados e de um backup em nuvem. Mas, se o backup é um mecanismo tradicional, por que com um servidor dedicado se torna uma ferramenta estratégica?

Simples! Ao contar com um servidor dedicado remoto, a empresa ganha em escalabilidade e flexibilidade, podendo adaptar-se ao aumento na produção de dados corporativos, facilitando à adição de recursos com alguns cliques.

Assim, ele age diferentemente de um servidor físico, em que o gestor teria que fazer um upgrade a cada crescimento de demanda, gastando em equipamento, equipe e espaço — sendo que essa estrutura se tornaria ociosa nos períodos de baixa.

Além disso, com o servidor remoto, os colaboradores ganham em mobilidade, podendo acessar ao armazenamento ou backup de qualquer local, desde que tenha conexão à internet e autorização da governança de TI.

Com os dados cada vez mais valiosos para a concorrência e fundamentais para a tomada de decisão, cabe aos gestores definir como serão feitos os backups, frequência e horários, para reduzir os impactos de perdas de informações, seja pelo motivo que for.

Firewall

Os firewalls são ferramentas primordiais para um bom planejamento estratégico de uma empresa que quer manter a produtividade e uma boa gestão. Isso porque, estamos falando de uma ferramenta que ajuda na checagem e filtragem dos dados que são trocados entre servidores e clientes, garantindo a proteção e confiabilidade.

Com a utilização de um bom firewall, é possível reduzir o risco de ataques como o DDoS, que podem tornar o seu servidor indisponível por excesso de requisições e ocupação de todo o tráfego.

Ferramenta de análise

O que não pode ser medido não pode ser gerido, e, nesse cenário, com tantas ferramentas e dados disponíveis, a estruturação de informações em insight valiosos, para os mais diversos tipos de análise, se torna mais que uma obrigação.

Um servidor dedicado oferece o ambiente ideal para a utilização dessas ferramentas, não apenas recebendo a aplicação, como oferecendo escalabilidade e flexibilidade para que esse banco de dados se expanda e reduza de acordo com a necessidade.

Além disso, as ferramentas de análises, como as de BI, podem reunir dados de múltiplas fontes para fazer avaliações pontuais, o que requer uma rápida adaptabilidade do servidor.

Dessa forma, o gestor poderá criar gráficos e gerar relatórios estatísticos indispensáveis para a gestão do negócio, não apenas para o setor de TI. Na tecnologia da informação, o profissional responsável poderá fazer o monitoramento de servidores, consultando o desempenho de cada dispositivo, além de poder quantificar e qualificar os problemas ocorridos em um determinado espaço de tempo.

O servidor dedicado é recomendado para minha empresa?

Um servidor dedicado é recomendado para as empresas que têm alta demanda de desempenho, o que é quase uma regra em tempos de transformação digital e no aumento massivo de ativo de TI nas organizações de todos os segmentos e portes.

É importante para sistemas e sites, que recebam uma alta demanda de tráfego, ou seja, um alto volume de visitas, que precisam manter uma estabilidade e desempenho, mesmo em horários de pico.

É um modelo ideal também para as empresas que estão em busca de exclusividade e infraestrutura, além da questão de segurança do site, dos sistemas ou dos dados presentes em um repositório central. Com uma solução dedicada, a governança de TI da empresa poderá criar políticas de segurança específicas para atender essas necessidades.

Como vimos neste post, as ferramentas do servidor dedicado ajudam as empresas as ganharem vantagem, competitiva tanto em termo de customização, quanto em escalabilidade. Por ser um modelo flexível e adaptável, pode receber as mais diversas ferramentas e banco de dados, para que sejam criadas as mais várias estratégias de gestão e negócios.

Para que tudo isso seja feito com êxito, é importante que a sua empresa contrate esse servidor dedicado de um provedor de qualidade, como a Valuehost, que oferece uma variedade para que você escolha o mais adequado para as suas estratégias. Além disso a empresa conta com uma equipe de suporte especializada, pronta para resolver todas as questões de forma rápida e em múltiplos canais de atendimento.

Gostou do post? Quer saber como ter um servidor dedicado e suas ferramentas em sua empresa? Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.