fbpx
Powered by Rock Convert

registro de domínio é de extrema importância para o aumento das vendas e da confiabilidade do negócio, pois é uma medida estratégica, não apenas para melhorar a visibilidade de uma marca na internet, mas também para conquistar a confiança dos consumidores acerca dos seus produtos e/ou serviços.

Entenda que os domínios gratuitos passam uma impressão de “amadorismo”. Pense bem: qual dos sites você teria mais segurança para acessar, o “www.empresax.com.br“, ou o “https://wordpress.com/empresax (URL fictícia)? Certamente, a primeira opção.

Aliás, vale ressaltar que buscadores como o Google são avessos à segunda alternativa. Em termos de SEO, não se discute o fato de que, para alcançar uma boa posição nas páginas de pesquisa, é preciso ter um endereço Web registrado.

De qualquer maneira, este conteúdo foi elaborado para mostrar como o registro de domínio pode revolucionar as suas vendas. Aproveite a leitura!

Conteúdo deste post:

  1. A influência do registro de domínio nos resultados de venda;
  2. A compra de um domínio;
  3. O que fazer se o domínio já foi registrado;
  4. A importância de contar com quem entende do assunto.

Qual a influência do registro de domínio nos resultados de venda?

Maior alcance na rede, garantia de credibilidade ou fortalecimento da marca. Veja esses e outros motivos para registrar seu domínio e aumentar suas vendas.

Maior alcance na internet

Vamos começar, então, pelo maior alcance na internet. Conforme acabamos de mencionar, o registro de domínio garantirá um melhor posicionamento no que se refere aos rankings de pesquisa na rede.

O ponto a se destacar, nesse caso, é que grande parte do tráfego é originada nos motores de busca. Isso significa que um domínio próprio fará com que o seu site seja encontrado com mais facilidade.

Embora existam diversos outros fatores a considerar para uma boa colocação nas páginas do Google, Bing ou Yahoo, sem o registro de domínio não haverá a menor possibilidade de figurar entre as primeiras posições.

E, como você sabe, quanto melhor posicionada uma página estiver, maior será o número de consumidores que ela vai atrair. Mesmo que isso não seja uma certeza de sucesso, não se pode negar que as suas chances de venda vão aumentar.

Ganho de credibilidade

Além de proporcionar a melhora no alcance, um domínio registrado também vai contribuir para o ganho de credibilidade. Ao disponibilizar uma URL própria, passa-se a impressão contrária da que falamos no início do artigo: ao invés de amadorismo, profissionalismo.

Assim sendo, invista no registro do domínio. Os valores são irrisórios, mesmo se não houvesse nenhum benefício. Tenha em mente que você está investindo na marca da sua empresa na internet, por isso, não negligencie essa questão em hipótese alguma.

Porém, para que você consiga aumentar a sua credibilidade na Web, não se esqueça de dar a devida atenção às partes estéticas e funcionais do seu site.

A usabilidade e o design intuitivo e amigável são essenciais para que os visitantes saibam que estão navegando em um ambiente que se preocupa com a sua experiência. Naturalmente, eles o terão como seguro e confiável.

Facilidade para divulgação

Outro aspecto que vale ser apontado é a facilidade de divulgação. Por ter no registro de domínio a personalização da sua marca, divulgar o seu site na rede será um tanto quanto mais fácil.

Lembra da URL fictícia que citamos anteriormente? Pois então, ela serve para exemplificar a complexidade visual de um domínio não registrado. Quanto menos informações ele tiver, melhor, já que dessa forma a memorização da URL se torna mais fácil.

Comparando, novamente os dois endereços que citamos no começo do post, qual deles causa uma identificação imediata? Logicamente, a segunda opção. E é por essa razão que divulgar um domínio próprio é muito melhor. Ou você acha que os consumidores conseguirão memorizar uma URL “bagunçada”? É claro que não!

Possibilidade de ter contas de e-mail personalizadas

Com o registro de domínio, você poderá criar contas de e-mail totalmente personalizadas. Exemplos:

  • contato@meusite.com;
  • atendimento@meusite.com;
  • vendas@meusite.com;
  • funcionariox@meusite.com;
  • funcionarioy@meusite.com.

Assim, conseguirá passar ainda mais credibilidade, levando uma imagem profissional para todos do seu público. Isso sem falar que a taxa de abertura de e-mails identificados pelo nome do negócio é consideravelmente mais alta, contribuindo, desse modo, para a entrega das suas estratégias de marketing e vendas.

Criação de subdomínios

Mais uma possibilidade interessante é a criação de subdomínios, como, por exemplo, “atendimento.minhaempresa.com.br”. Criados no painel de controle do seu domínio (fornecido pelo provedor do serviço/hospedagem), eles podem ser necessários para que se consiga otimizar as interações dos usuários com cada página.

Nesse contexto, podemos incluir também a compra de múltiplos domínios. Para evitar que alguém crie um endereço Web que se assemelhe com o seu, você poderá criar e comprar quantas variantes quiser.

Dessa maneira, quando digitadas no navegador, seja por engano, seja por algum tipo de tentativa, elas serão direcionadas para o seu domínio principal — essa particularidade deve ser configurada previamente.

Fortalecimento da marca

Com o aumento da visibilidade e da credibilidade, o registro de domínio está diretamente relacionado com o fortalecimento da marca no mundo online.

Diante do surgimento das novas oportunidades, ganha-se com isso um maior número de interessados em adquirir os seus produtos ou serviços. No final das contas, tudo indica o crescimento das vendas.

Não se esqueça de que a reputação da empresa é muito importante para o seu sucesso como um tudo. Além disso, cabe salientar que, mais do que apenas fortalecer a marca, ao registrar um domínio próprio, você terá a garantia de que ninguém a copie e acabe a utilizando como um endereço Web.

Mesmo que ela seja registrada nos órgãos externos (INPI e similares), nada garante o seu direito sobre ela na internet. Para isso, só há uma única forma: o registro de domínio!

Maior segurança para os usuários

Muitas empresas provedoras de serviço de hospedagem oferecem junto ao pacote o certificado SSL (Secure Socket Layer). Esse é um protocolo padrão de segurança para a sua página, usado nas situações em que ocorrem a troca de informações entre mais usuários na rede e imprescindível para a segurança, principalmente em e-commerces.

Existem vários tipos de certificado SSL, que usam criptografia para codificar as informações em trânsito e impedir que ações maliciosas de terceiros acessem os dados trafegados. Isso impede que, ao capturar os arquivos, um hacker interprete-os ou altere-os.

Dessa forma, o recurso valida o domínio e informa ao usuário de uma página ou blog que existem configurações básicas de segurança, uma vez que, ao abrir o navegador, é possível observar na barra de endereço digitada se a URL tem a letra “S” escrita ao final da sigla HTTP (HTTPS) e se aparece um cadeado que atesta a navegação segura.

Além de aumentar a credibilidade do site, a presença do certificado SSL também é considerada pelo algoritmo que realiza o rankeamento das páginas nos motores de busca, o que também possibilita que sua marca seja encontrada com mais facilidade pelos seus clientes.

Como comprar um domínio?

Veja algumas etapas desse processo, desde a escolha do nome até a proteção da marca, para que outras pessoas ou empresas não registrem um domínio semelhante ao do seu negócio.

Escolha um nome adequado para o seu domínio

Antes de comprar um domínio, tenha a certeza de que o nome escolhido é o ideal para o seu negócio. Para isso, liste algumas ideias e considere alguns fatores, como a personalidade do domínio que deve ser identitária e marcante. Evite, por exemplo, tudosobremeunegocio.com ou meunegocioonline.com.

Outra questão é a pronúncia do nome, que não deve ser ambíguo nem apresentar elementos que inviabilizem sua memorização, como números, caracteres ou termos difíceis. Além disso, o domínio deve ser mais curto, mas equilibrar a quantidade de letras para não se tornar genérico.

A extensão do domínio também deve ser avaliada. Tipos como .net, .info, .co, não são consolidadas no mundo virtual, principalmente porque as pessoas se sentem mais seguras com o tradicional .com.br ou .com.

Apesar disso, existem extensões que casam bem com o negócio: uma empresa que comercializa sistemas gerenciais para escolas, por exemplo, pode utilizar a extensão .edu.br sem prejudicar a confiabilidade do seu endereço. Por isso, é preciso haver um equilíbrio que somente o dono do negócio tem capacidade de verificar.

Originalidade é um dos aspectos mais importante para a escolha do domínio. Cuide para não violar uma marca registrada ou escolher alguma já existente. Nesse caso, em que o nome escolhido é de outra empresa, existe a possibilidade de comprar o domínio, mas saiba que você terá que desembolsar um bom dinheiro e isso nem sempre é viável.

Por fim para melhorar a relevância da sua marca nos motores de busca, descubra a palavra-chave que mais se adequa ao seu negócio e use-a em seu domínio. Essa é uma excelente estratégia de SEO.

Verifique a disponibilidade

Essa verificação pode ser feita por meio do Registro.br. Basta preencher o campo na página inicial para receber um relatório em que constam outras possibilidades, caso o domínio escolhido já tenha sido registrado por outra empresa ou pessoa.

Registre seu domínio

O registro do domínio abrange algumas etapas:

  • preencha com seus dados pessoais nos campos da opção “Criar conta” do site;
  • digite seu CPF ou CNPJ;
  • informe o DNS do servidor em que seu site está hospedado.

Alguns provedores de hospedagem também disponibilizam o serviço de registro de domínio e o processo é descrito detalhadamente nos sites das empresas.

Proteja a sua marca

Considere a possibilidade de usar o próprio serviço de registro de domínios como meio de proteger a sua marca e seus produtos em âmbito digital. Chamada de domínio suplementar, essa prática consiste em comprar todos os semelhantes para inviabilizar a confusão dos usuários e a atuação de aproveitadores.

Depois de consolidar sua marca, muitas pessoas poderão se apropriar de domínios semelhantes ao seu pelo simples fato de usar a digitação errada de usuários como forma de direcionar o grande volume de tráfego para um endereço similar.

Para inibir esse tipo de ação, as pessoas compram todos os domínios semelhantes e com extensões diferentes.

Por exemplo, se o seu domínio é meunegocio.com, você poderá proteger sua marca ao comprar também:

  • meunegocio.com.br
  • meunegocio.net
  • meunegocio.org
  • meunegocio.info, entre outros.

Faça uma lista com possíveis erros de digitação que poderiam causar esse transtorno, compre o domínio e direcione todos os acessos errados para a sua página correta.

O que fazer se o domínio pretendido foi registrado por outra pessoa?

Se esse for o seu caso, saiba que nem tudo está perdido. É possível adquirir o domínio tão desejado no mercado de pós-venda de domínios e se ele não for listado nesse espaço de reposição, ainda é possível comprá-lo diretamente com o proprietário atual. Apesar da possibilidade, o processo pode ser oneroso e demorado, como descreveremos a seguir.

Defina seu orçamento

No processo de primeiro registro de domínio o proprietário teve o mesmo trabalho que você: precisou pensar em um nome atraente, adequado para o seu negócio, fácil de memorizar e pronunciar, entre outras questões.

É natural que, ao vender o domínio, essa pessoa queira receber a mais por esse trabalho. Por isso, não barganhe: pense em uma oferta justa e pela qual você tenha disponibilidade de pagar. Considere ainda o timing do processo de negociação, que também não ocorrerá rapidamente.

Descubra quem é o dono do domínio

No serviço digital WHOIS do site Registro.br é possível encontrar nome, e-mail e telefone do proprietário do domínio desejado. Depois de obter informações de contato, geralmente por meio do e-mail, descubra quem é o dono da empresa, para que o contato seja direto.

Negocie

A negociação é um processo demorado, que requer paciência e talento. Pergunte inicialmente se há a possibilidade da venda do domínio, assim como o valor considerado mais interessante para efetivar a transação.

Pague e transfira a propriedade do domínio

Se a negociação for bem-sucedida, o próximo passo é mais fácil: basta efetivar o pagamento e transferir o domínio. Geralmente, os provedores de hospedagem, dependendo do plano contratado, oferecem essa transferência gratuitamente. Serviços como do Escrow.com, detêm o valor negociado até que o nome seja aceito e confirmado para o comprador, para evitar tentativas de golpes.

Como contar com quem entende do assunto?

E não poderíamos deixar de falar sobre a importância de se buscar um parceiro que tenha reputação no mercado para realizar esse tipo de trabalho. Sobretudo, procure por uma empresa de hospedagem de sites e serviços associados.

Como já mencionado neste artigo, os valores que envolvem a compra de um domínio são irrisórios. A “insignificância” é tanta que, se você quiser, poderá registrá-lo para um período de até 10 anos. Aliás, essa é uma ótima recomendação.

Ao fazer isso, você não corre o risco de perdê-lo por esquecer de renovar a propriedade ou algo do tipo. Enfim, fazer isso só incidirá em benefícios.

Agora que você já sabe como comprar um domínio e a importância desse registro para alavancar suas vendas, entre em contato conosco! Nossa equipe está pronta para lhe ajudar e tirar todas as suas dúvidas!

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.