fbpx
139 Resultados

dedicado

Pesquisar

Como já vimos em outros posts sobre como instalar painéis de controle gratuitos eles podem ser bem fáceis de instalar, pois mesmo sabendo que o cPanel é muito popular e prático de utilizar, além de ser um dos mais usados gerenciadores de hosting, tê-lo como painel de controle envolve os custos de licenciamento. Além disso existem também inúmeras situações onde você pode precisar de um gerenciador mais simples e que consuma menos recursos de hardware.

Hoje iremos mostrar como instalar o CWP (CentOS Web Panel) que pode ser uma excelente opção para seu Dedicado ou VPS, e sim, é totalmente grátis =)

Neste post você verá como é fácil realizar sua instalação em um servidor linux com CentOS  6 instalado, recomenda-se o uso de uma imagem do CentOS “minimal” que vem só com o básico do sistema operacional instalado.

É requerido pelo menos 512MB de RAM caso o seu CentOS seja 32bits e pelo menos 1GB de RAM caso seja 64bits.

Meu domínio foi registrado com sucesso. E agora, o que devo fazer? Este é um questionamento comum entre usuários que acabaram de adquirir um domínio adicional (suplementar) e são novos no ambiente de hospedagem de sites.

Para facilitar a vida destes usuários, apresentamos neste post um passo a passo que permite adicionar um domínio em plano de hospedagem de forma rápida e fácil.

Adquiriu um plano de hospedagem e está se familiarizando com o ambiente disponibilizado para gerenciar seu site? Neste post você vai “descobrir” a interface do seu painel de controle cPanel, além de encontrar informações sobre os principais recursos que ele disponibiliza.

Mas antes de apresentar a interface, vamos falar um pouco deste painel de controle – que é considerado um dos melhores em função dos recursos e compatibilidade com outros sistemas. Vamos lá?

Você já se perguntou: “Como posso aumentar o desempenho do meu site sem o incremento de custos?”. Pois é, se a resposta foi sim, gostaria de te apresentar o Varnish Cache.

Vamos esquecer o conteúdo dinâmico… Vamos falar do conteúdo estático! É, isso mesmo, imagens, scripts, páginas, textos, folhas de estilos, etc., etc., etc. Tudo isto pode ser ‘cacheado’ pelo Varnish Cache. Atualmente, grandes portais, lojas virtuais, blogs e qualquer tipo de website tem conteúdos que se repetem. Estes conteúdos acabam por gerar requisições desnecessárias ao servidor todas as vezes que são novamente carregados pelos usuários.

Quando falamos em servidores de hospedagem compartilhada o desafio é ainda maior: São centenas de websites e milhares de conteúdos estáticos sendo requisitados todos os segundos no servidor.

Olá, o post de hoje segue uma linha didática e é voltado para quem está começando agora no mundo web, principalmente quem quer registrar a sua marca na internet e inaugurar o seu primeiro website! Falaremos sobre o registro do domínio e suas vantagens, o que é a hospedagem do seu site, contas de e-mails personalizadas com o nome da sua empresa, dentre outras informações. Lembre-se: Se tiver alguma dúvida, deixe o seu comentário que lhe responderemos!

A virtualização é uma tecnologia um antiga, mas até pouco tempo atrás era aplicada apenas em sistemas de grande porte como mainframes e sistemas Risc/Unix. Só recentemente ela se tornou viável em servidores de menor porte, baseados em processadores x86 (Intel e AMD), com a multiplicação do número de núcleos de processamento por chips. Isso tudo aliado a constatação de que o nível médio de utilização dos servidores de uma empresa em geral é menor que 10%, ou seja, existe uma capacidade ociosa enorme que pode ser utilizada com a virtualização.

Muitos administradores de sistemas tem dado preferência para os painéis de controle baseados na Web para gerenciar seus servidores dedicados, tal como o cPanel. Um painel de controle certamente tem seus benefícios em diversas situações, mas há ainda algumas áreas de gerenciamento de um servidor onde não há como o painel gráfico substituir e você precisa ter acesso shell.

O SSH permite você se conectar remotamente ao shell do seu servidor, proporcionando o console como acesso à linha de comando. O que se segue abaixo é uma breve introdução ao uso de SSH para conectar e gerenciar seu servidor.