fbpx

Gerar tráfego é o grande segredo para seu negócio na internet, afinal, sem ele, é certeza de que o coração da sua empresa vai parar de bater. Não sabe por quê? Bom, sem o tráfego você fica completamente invisível na internet, pois seu público não sabe que a sua marca existe no mercado. E não importa se seu serviço ou produto é o melhor do mundo, uma vez que aquilo que não é visto, não é lembrado, concorda?

É preciso, portanto, investir em tráfego se desejar que o coração do seu negócio permaneça batendo por muito tempo. É importante fazer com que seu público chegue até a sua página. Gerar tráfego é o verdadeiro caminho para ter sucesso na internet.

Se você aplicar as dicas que trouxemos neste texto, vai ter todas as ferramentas para aumentar suas taxas de conversão de clientes e leads e se tornar referência no mercado, até porque uma página com tráfego alto tem muito mais chances de ter credibilidade no mercado. Continue acompanhando e saiba mais! Boa leitura!

Do que se trata a geração de tráfego e por que é tão importante?

A geração de tráfego trata-se de um conjunto de estratégias realizadas com o propósito de atrair mais pessoas para o site. Dentro do inbound marketing, é o que vai auxiliar no aumento das visitas em um site, blog ou landing page, a partir da combinação dos serviços de SEO (otimização para resultados de busca) e de links patrocinados (anúncios).

Com a elaboração de campanhas de anúncios segmentados, consegue-se impactar usuários e atraí-los para sua página. Já as otimizações feitas pelas técnicas de SEO fazem com que sua página apareça melhor nos resultados de buscas do Google, atraindo usuários na hora da pesquisa.

Muitas buscas são realizadas diariamente no Google e, para que um site possa aparecer na primeira página, é preciso investir em estratégias como essas. É importante destacar que a taxa de conversão da página aumenta, uma vez que há a geração de tráfego qualificado, isto é, os usuários que acessam são muito mais alinhados aos seus objetivos.

Além disso, as suas páginas ganham mais autoridade diante dos mecanismos de busca. Gerando tráfego qualificado e estando bem posicionado nas pesquisas, seu negócio ganha mais credibilidade. Além disso, sua estratégia de inbound marketing garante resultados melhores.

Enfim, o desenvolvimento de um bom site é um ótimo investimento e tem obrigatoriamente de garantir algum retorno à empresa que faz a aposta. Retorno que pode ser por meio da conquista de novos clientes, de vendas online ou, simplesmente, pelo aumento de notoriedade.

Logo aí a urgência em gerar tráfego é justificada, afinal, qualquer que seja o objetivo do site e o retorno desejado ele jamais vai acontecer se ninguém visitar o site. Para que se tenha resultado, é preciso concentrar grande parte dos esforços em levar as pessoas até ele e aumentar as visitas, ou seja, gerar tráfego.

Qual o significado da geração de tráfego qualificado?

Hoje em dia, até mesmo as grandes corporações têm blogs como uma maneira de manter um contato direto com seu público e, assim, gerar tráfego, uma vez que tal relação é muito importante para se conquistar resultados positivos quando se fala de marketing digital.

Mas, para superar seus desafios de empreendedor e cumprir com seu objetivo, é fundamental que haja “tráfego” em sua página, mas um tráfego qualificado, feito por pessoas que são realmente o seu público-alvo. Tal tráfego qualificado é o responsável principal pelo aumento dos resultados obtidos na internet. É por meio do tráfego e por causa dele que o “produto” de quem conta com um site ou blog será adquirido ou consumido, tornando possível o tão aguardado lucro.

A geração de tráfego qualificado é uma das principais ações que filtra com mais eficácia as pessoas que se relacionam com sua empresa. Ela é responsável por separar o tráfego comum, ou seja, a quantidade total de visitantes únicos que acessam seu site, daquele público que se interessa nas suas ofertas e/ou conteúdos. O objetivo dessa prática é melhorar suas taxas de conversão e facilitar a sua vida.

Pois é, você não precisa ter 30 mil visitantes únicos mensais, sendo que apenas 1.500 usuários estão realmente interessados no que o seu negócio oferece. Em vez disso, é possível restringir, ou melhor, qualificar o alcance do seu site para 10 mil pessoas e manter o número de interessados. A audiência é menor, no entanto, é muito mais segmentada.

Quando você se comunica com uma audiência mais segmentada, a tendência é que passe a existir uma identificação bem maior do público com o seu negócio. Os conteúdos, a linguagem e as ofertas são voltadas para os objetivos desses consumidores, gerando em todos eles uma sensação de acolhimento e de pertencimento.

Para a sua marca, isso é muito bom. As pessoas vão passar a ver nela uma representação de uma empresa que se dispôs a ajudá-las, a propor soluções que resolvam as suas dores e a tratar das suas dúvidas.

À medida que esse público qualificado passar a se engajar com os seus conteúdos, a sua marca vai ser mais associada a valores como confiabilidade, credibilidade e autoridade no seu mercado. Isso certamente gera um ganho de reputação fundamental, não só para fortalecer a imagem da empresa, como também para formar uma base mais firme de leads e de potenciais clientes.

Quais os principais tipos de tráfego?

Confira, a seguir, os 6 tipos de tráfego indispensáveis! Acompanhe.

Tráfego orgânico

Se você está agora lendo este artigo, significa que tal estratégia de tráfego orgânico está funcionando. Você certamente chegou neste blog, pois viu este texto nas redes sociais ou porque pesquisou sobre tráfego e caiu exatamente aqui. Isso mesmo. Tudo de maneira orgânica.

Você abriu este texto porque quis. Sem que fosse preciso bater na sua porta para pedir. Já deu para perceber que tráfego orgânico é quando o público chega até o conteúdo sem que você tenha que pagar para isso ou então subir campanhas, certo?

Estamos falando sobre uma estratégia de inbound marketing, isto é, quando o público é mais ativo e vai atrás da sua marca. Na prática, a maneira mais comum de isso ocorrer é pelos mecanismos de busca. O usuário vai até o Google, digita o problema ou a dúvida que deseja resolver e clica nos resultados que considerar interessantes. Quem deseja gerar tráfego orgânico deve produzir conteúdos com consistência para blogs e de alta qualidade.

E todos esses conteúdos devem ser elaborados com base em estratégias de SEO, porque é isso que vai aumentar as chances de o site aparecer na primeira página de buscas do Google. Quando você gera tráfego orgânico para sua página, acaba atraindo um público de alta qualidade, afinal, são pessoas mais direcionadas para o serviço ou produto que a sua empresa oferece, uma vez que esse público foi em busca do seu conteúdo.

Ele está interessado no tema. Por isso o tráfego orgânico é excelente para atrair leads no topo do funil de vendas, isto é, aqueles que ainda não conhecem seu serviço ou produto. Porque seus conteúdos vão ajudar a educar esses usuários e levá-los para as próximas etapas do funil. Sem contar que, enquanto o seu conteúdo estiver no ar, ele continuará gerando resultado para sua estratégia de tráfego orgânico.

Vai levar meses para você saber se sua estratégia de tráfego orgânico está realmente funcionando ou se não está. Então você tem que planejar tudo para evitar surpresas no futuro. Como leva tempo, não pode ser sua única fonte de tráfego. Depois de saber de tudo isso, ficou bem claro que você não pode deixar de investir no tráfego orgânico, não é mesmo?

Tráfego pago

O tráfego orgânico e o tráfego pago são opostos, porém, eles se complementam. Enquanto que no orgânico demora meses para ter um retorno sobre seu investimento e você não precisa pagar para que seu público chegue até você, no tráfego pago acontece exatamente o contrário.

Você vai investir em campanhas e o ROI vem imediatamente. Isso significa que você vai ter resultados de forma mais rápida. No tráfego pago, você vai em busca do público. Não é ele que vem atrás da sua marca. Isso faz parte de uma estratégia de outbound marketing, ou seja, quando a marca dá o primeiro passo para conquistar mais consumidores. Não espera que eles venham até ela. 

O Google AdWords e o Facebook Ads são as duas plataformas mais conhecidas para realizar uma estratégia de tráfego pago de sucesso. E suas campanhas podem ser:

  • com foco no perfil do público-alvo, em posts patrocinados nas redes sociais, como YouTube, Instagram e Facebook;
  • com foco em palavras-chave que sejam relevantes para sua empresa, em links patrocinados no Google;
  • em banners de outras páginas. 

No tráfego pago você só faz o pagamento se um usuário clicar no seu anúncio, e isso é conhecido como CPC – Custo Por Clique, o que é excelente para seu negócio. Afinal, não é como uma propaganda de televisão ou de um outdoor, que você gasta sem ter certeza que alguém viu. Nesse caso, você só paga quando uma pessoa vê, se sente interessada e clica no anúncio.

Uma regra de ouro antes de abrir a carteira é segmentar o público. Caso você não segmente, sua campanha vai chegar até usuários que não estão interessados na sua marca. O que acontece? Você joga dinheiro fora. Por isso, procure investir em anúncios após segmentar seu público para alcançar quem interessa de verdade.

Tráfego de referência

O tráfego de referência é quando o site da sua marca aparece no conteúdo de outro site. É possível fazer parcerias a fim de fortalecer o tráfego de referência da sua empresa e conquistar mais visibilidade e autoridade.

É bem simples compreender como o tráfego de referência é ótimo para o seu negócio. Você só precisa refletir sobre como as pessoas funcionam. Um amigo indica algo para você, seja um produto, um curso, seja um restaurante, enfim. Você certamente vai seguir a indicação dele.

Estamos falando do gatilho mental da autoridade. Quando uma pessoa que você confia indica alguma coisa para você, funciona. Afinal, essa pessoa tem bastante credibilidade para você. É exatamente o que ocorre quando alguém indica sua marca.

Quando você recebe muito tráfego de referência de outros canais, sites e blogs, seu posicionamento nos buscadores também passa a ser atingido positivamente. Isso porque o Google, por exemplo, vai entender que, se você está sendo recomendado por uma grande quantidade de pessoas diferentes, quer dizer que o que você oferece tem relevância, aumentando, assim, sua visibilidade e alcance a partir do ranking e, consequentemente, sua marca vai atrair mais tráfego orgânico.

Tráfego direto

Tráfego direto é o tráfego dos sonhos, pois você não precisa produzir conteúdo seguindo as regras do SEO, como no tráfego orgânico, e nem impulsionar campanhas, como no tráfego pago. Você também não vai precisar depender de outras páginas divulgando sua marca. Tudo ocorre de forma bem orgânica, pois no tráfego direto é o público que vai dar o passo inicial.

Vamos a um exemplo para ficar mais claro? Quando você pesquisa algo na internet, certamente utiliza o Google. Todas as vezes que você abre a página do Google para pesquisar, está gerando tráfego direto para ele. É isso mesmo, o tráfego direto é quando você ou já deixa o endereço de uma página salvo nos seus favoritos ou digita o endereço no navegador.

A força da sua marca é muito importante e essencial para aumentar o tráfego direto da sua página. E quando o público chega nesse nível, quer dizer que está bastante qualificado para adquirir seu serviço ou produto e se converter em cliente.

Trabalhar o seu branding não é só focar na internet. Você pode trazer o público do mundo offline para o online, divulgando seu site em outdoors, palestras presenciais, cartões de visita etc. Como você vai fazer isso vai depender dos objetivos que você quer atingir e do seu planejamento de marketing.

Tráfego social

Tenha certeza de que a sua marca precisa estar nas redes sociais se você deseja ter um negócio de sucesso, afinal, metade do planeta está nas redes sociais, estamos falando de mais de 3,5 bilhões de pessoas no mundo. O número um do site de redes sociais é o Facebook, com mais de 2 bilhões de usuários.

Se você deseja que seu público chegue até sua marca, tem que considerar esses números. A melhor maneira de usar as redes sociais para dar aquele empurrão no tráfego da sua página é bem simples: divulgando seu site nas redes.

Seja YouTube, Facebook, Instagram, seja Pinterest. O segredo é divulgar, pois não dá para publicar um conteúdo e aguardar que as pessoas venham para a página como em um passe de mágica. O maior benefício do tráfego social é a chance do seu conteúdo viralizar. Quando isso ocorre, você pode se surpreender com o volume de pessoas que vai acessar seu site. Ou seja, o tráfego social proporciona visibilidade para a sua página.

Quando você investir nesse tipo de tráfego, precisa ser sempre muito honesto com os conteúdos que vai publicar. Assim como em outros tipos de tráfego, você pode fazer de modo pago ou de modo orgânico. Ou seja, impulsionando para atingir mais pessoas ou sem impulsionar suas publicações.

Tráfego de e-mail marketing

O e-mail é muito importante para seu negócio. É a forma mais segura e mais fácil de manter contato com os clientes. Você consegue fazer as ofertas certas na hora certa e para as pessoas certas, seja lançando seu produto ou serviço, seja divulgando novos conteúdos.

Quando você gera tráfego pelo e-mail, consegue trazer leads mais qualificados, até porque quem vem do e-mail são consumidores que já deram autorização para a sua empresa se comunicar com eles. Logo, são pessoas interessadas na sua marca, portanto, muito mais fáceis de converter em clientes.

Qual é o melhor tipo de tráfego? Você certamente espera uma resposta definitiva, não é mesmo? Mas a verdade é que isso não pode ser feito, pois não há um tipo de tráfego melhor que o outro. Cada tipo de tráfego apresenta as suas vantagens e suas desvantagens. Como você viu aqui, cada um tem um objetivo, atraindo, portanto, um público específico.

A única certeza é que você não deve utilizar apenas um tipo de tráfego na sua estratégia de marketing digital. Na alimentação, se você não variar o cardápio, pode vir a ter problemas devido à falta de alguns nutrientes. É exatamente a mesma coisa com seu negócio.

Optar por apenas um tipo de tráfego e investir apenas nele vai limitar o crescimento da sua empresa. A estratégia perfeita é fazer uso de todos os tipos citados aqui, afinal, cada um tem um objetivo, traz resultados específicos e atrai públicos em diferentes estágios do funil de vendas. O que você deve ter em mente é que precisa gerar tráfego para seu negócio. Logo, quanto mais tipos de tráfego você utilizar, mais resultados você vai ter.

Como gerar mais tráfego?

Veja a seguir as melhores dicas para garantir mais tráfego!

Não desconsidere redes sociais

É fundamental pesquisar as redes sociais em que seu público encontra-se presente e nas quais, de fato, vale a pena investir. Procure criar conteúdo específico para cada rede social, com a linguagem adequada a cada uma delas.

É preciso ter uma estratégia global de presença para que seja possível fortalecer a identidade de sua marca e, claro, trabalhar com a especificidade de cada mídia para tirar melhor proveito delas.

Torne-se referência com conteúdos de qualidade

O Google conta com mais de 500 algoritmos para reconhecer o que é realmente um conteúdo de qualidade. E ultimamente seu algoritmo tem se aproximado cada vez mais do conhecido “fator humano”.

Ou seja, foque em solucionar o problema de sua audiência. Faça conteúdo sempre atualizado, original e que seja relevante para seus canais digitais. Lembre-se de que, quanto maior a qualidade, maior a visibilidade, a interação e o sucesso.

Invista em SEO

É importante definir palavras-chave e produzir conteúdo de qualidade que realmente entregue soluções para sua audiência, certo? Bom, disso você já sabe. Agora, você deve aliar essas ferramentas com algumas técnicas de SEO, a fim de potencializar seu alcance.

É necessário garantir que seus posts e páginas tenham as palavras-chave dentro do conteúdo. Utilize essas palavras no título, na descrição e também ao longo do texto, no atributo alt das imagens, sem exagerar e sem comprometer a qualidade do conteúdo.

Utilize também links externos para fontes confiáveis e links internos para as páginas de seu próprio site. Além disso, invista em link building, que vai garantir que sites de qualidade apontem para o seu. Com toda certeza, isso vai trazer credibilidade para seu conteúdo e ainda incrementar a quantidade de visitas do seu site.

Ofereça canais de interação com o público

Redes sociais são feitas de interações, e é óbvio que esse é um caminho de mão dupla. É preciso falar e ouvir também. Quando o seu negócio dá voz ao seu público, ele assegura uma fonte inesgotável de inspirações, podendo resultar em mais conteúdo de qualidade.

Incentivar o público a contribuir acaba gerando o engajamento pelo senso de pertencimento. Por isso, ao compartilhar seus conteúdos, procure incentivar o engajamento. Você pode fazer isso com uma frase provocativa, uma pergunta ou outra maneira de impactar o usuário com esse compartilhamento a partir dos canais de interação.

Responda sempre às perguntas que vão surgindo, seja por comentários públicos, seja por mensagens privadas. Em alguns casos, algumas respostas ficam em outros conteúdos que sua marca tem, e essa pode ser uma excelente maneira de continuar gerando tráfego para sua loja online.

Onde você deseja buscar clientes? No Facebook? Google? No LinkedIn? No Instagram? Em outros sites? Não basta fazer anúncios em qualquer lugar, é necessário anunciar onde as pessoas certas vão ter acesso à sua mensagem.

Se você ainda não sabe qual é o melhor canal para sua empresa, faça testes. É bom lembrar que a vantagem da compra de mídia é que você pode iniciar com um orçamento baixo e ir aumentando aos poucos esse orçamento para atingir públicos maiores.

Outra vantagem é que você consegue analisar todos os resultados de forma detalhada. Portanto, depois de testar diferentes canais, procure analisar qual trouxe o melhor ROI (Retorno sobre o Investimento) para saber onde seu negócio precisa focar esforços.

Sem dúvida, com essas dicas para gerar tráfego, você vai conquistar excelentes resultados no seu negócio. Então, coloque todas elas em prática agora mesmo!

E aí, gostou de saber mais sobre geração de tráfego? Então aproveite para compartilhar o texto em suas redes sociais, pois, assim, seus amigos também vão saber sobre o tema!

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.