fbpx
Autor

Administrador

Procurando

Popular sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS) para web, o WordPress é uma das ferramentas mais famosas (e poderosas) para a criação de blogs.

O tipo de licença (de código aberto), a facilidade de uso, a capacidade de extensão através de plugins, temas e programação PHP/MySQL, assim como as características do gerenciador de conteúdo permitiram o crescimento expressivo do uso da ferramenta. 

Hoje, além de blogs, o WordPress é utilizado como plataforma para o desenvolvimento de sites de comércio eletrônico, revistas, jornais, sites corporativos, portais de conteúdo, entre outros formatos.

Meu domínio foi registrado com sucesso. E agora, o que devo fazer? Este é um questionamento comum entre usuários que acabaram de adquirir um domínio adicional (suplementar) e são novos no ambiente de hospedagem de sites.

Para facilitar a vida destes usuários, apresentamos neste post um passo a passo que permite adicionar um domínio em plano de hospedagem de forma rápida e fácil.

Quando falamos de criação de um site, o Joomla surge como uma ótima opção. Combinando a facilidade de uso do WordPress com a funcionalidade do CMS Drupal, o Joomla ganha espaço por tornar mais fácil a criação e também o gerenciamento de sites com aparência mais profissional.

Aplicativo web dinâmico, o CMS utiliza banco de dados MySQL para armazenar o conteúdo do site, além de utilizar a linguagem de programação PHP para manter seu site interativo e dinâmico.

Sempre na lista dos principais sistemas de gestão de conteúdo (CMS) da atualidade, o Joomla permite fácil controle e edição do conteúdo e apresentação do seu site.

Registrar um domínio, escolher o plano de hospedagem, definir o CMS ideal para o desenvolvimento da página, escolher o template, o layout, as cores, a arquitetura da informação, a estratégia de comunicação.

Colocar um site no ar não é um tarefa difícil, mas dá trabalho e exige uma certa dose de dedicação, transpiração e inspiração.

A construção de uma página harmônica, além de adequada ao perfil e identidade da empresa, exige que o programador e/ou webdesigner faça um planejamento minucioso, que envolve várias etapas.

De origem inglesa, a palavra já foi incluída nos dicionários de português e no dia a dia das pessoas. Antes conhecida apenas no mundo da informática e da engenharia, “bug” hoje é uma palavra amplamente usada para descrever falhas inexplicáveis.

O uso crescente de computadores, tablets, celulares e outros componentes eletrônicos é um dos grandes responsáveis pela popularização do termo. Mas você sabe como a palavra bug acabou virando sinônimo de falha ou erros que um programa pode causar? A história explica, e você pode descobrir (ou relembrar) aqui.

Lembra dos antigos cadernos de caligrafia? Se você pensa que o conceito está desatualizado ou aposentado, está enganado. No universo da programação, a ideia foi renovada e adaptada para o computador, resultando no desenvolvimento de uma ferramenta específica para treinar a digitação de códigos. 

Chamada de Typing.io, a ferramenta usa o conceito da repetição (tão comum nos antigos cadernos de caligrafia) para praticar a digitação dos códigos. Nela você encontra uma série de linguagens, como PHP, JavaScript, Python, Shell, Ruby on Rails, Perl, entre muitas outras.

A ferramenta não tem como objetivo ensinar programação. Conforme os desenvolvedores, ela foi concebida como uma maneira de praticar a digitação em ambientes diferentes de codificação de código aberto.

Registrar um domínio normalmente é o primeiro passo para garantir a publicação de um site. Mas você sabe o que é um domínio? Também conhecido como endereço eletrônico ou URL, o domínio é o endereço do seu site na internet. 

Importante para a construção da identidade e da presença na web, o domínio funciona como uma porta de acesso das pessoas ao seu site ou blog. Por isso, criar um domínio que faça referência à sua empresa, ao seu produto ou ao trabalho que você desenvolve é fundamental.

Além de representar bem o que você quer comunicar, é importante que a URL criada seja curta, amigável e fácil de lembrar.

É consenso entre os profissionais da área digital que o marketing de conteúdo é essencial na estratégia online de uma empresa.

Utilizada para engajar seu público e aumentar a rede de clientes e potenciais clientes, a estratégia surgiu para atender uma mudança no perfil do consumidor: hoje, conteúdo atrai mais que propaganda, além de receber mais links e ser compartilhado nas redes sociais. 

É fato: se você for capaz de produzir conteúdo que ensina algo, ajuda a resolver um problema ou entretém, será mais fácil atrair a atenção do público. Além disso, ao falar sobre temas ligados à sua área de atuação, você conquista credibilidade e se posiciona como referência.

Imagine a seguinte situação: você contratou um plano de hospedagem e ele possui o painel de controle cPanel. Você acessa a interface e encontra o que precisa. Digamos que você quer criar uma conta de e-mail ou configurar um novo domínio. Você faz o que se propôs a fazer e só retorna ao painel quando necessita realizar alguma mudança em algo que já configurou antes.

Se identificou? Bem, você é um usuário normal e não há nenhum problema com isso. O que você pode não saber é que o cPanel é uma poderosa ferramenta para administrar o ambiente de hospedagem do seu site. Ele possui recursos muito úteis, que poderão facilitar bastante o seu dia a dia.