Qual é a diferença entre RAID 0, 1, 5 e 10?

Qual é a diferença entre RAID 0, 1, 5 e 10?

Alguns dos nossos clientes não conseguem entender exatamente o que é RAID e como esta tecnologia funciona. Dessa forma, eles ficam impedidos de tirarem proveito desta tecnologia em seus servidores. Veja neste artigo os tipos de RAID para decidir qual atenderá melhor sua necessidade. RAID (redundant array of independent disks) ou conjunto redundante de discos independentes é uma tecnologia utilizada principalmente em servidores que consiste em um conjunto de dois ou mais discos rígidos.

A ValueHost oferece diversas opções de RAID disponíveis no momento em que o cliente adquire um servidor Dedicado. Os Servidores são completamente personalizáveis ao longo do processo de pedido para adicionar opções de RAID.

Os tipos de RAID mais conhecidos são: RAID 0, RAID 1, RAID 5, RAID 10 (também conhecido como RAID 1 + 0).

O RAID 0 tem como objetivo principal melhorar o desempenho do servidor, contudo a sua confiabilidade é quase 0.

Ao optar por usar o RAID 0, todos os discos passam a ser acessados como se fossem um só. Os arquivos são fragmentados nos vários discos, permitindo que os fragmentos possam ser lidos e gravados simultaneamente. Usando RAID 0 a performance fica em um patamar próximo da velocidade de todos os discos. Ao usar 4 HDs com uma taxa de transferência de 50 MB/s (em leituras sequenciais) em RAID 0, você teria uma taxa de transferência total de quase 200 MB/s em muitas situações.

  • Mínimo 2 discos.
  • Excelente desempenho.
  • Sem redundância, sem espelhamento, sem paridade.
  • Não é recomendado usar em sistemas críticos.

O RAID 1 usa espelhamento para armazenar seus dados em duas ou mais unidades. O RAID 1 não oferece um aumento no desempenho, mas protege contra falhas. Na prática, será como se você tivesse apenas um disco rígido instalado, mas caso o disco titular falhe por qualquer motivo, você terá uma cópia de segurança armazenada no segundo disco.

  • Mínimo 2 discos.
  • Bom desempenho, porém  sem dados fragmentados e sem paridade.
  • Excelente redundância com blocos espelhados.

O RAID 5 é um modo muito utilizado em servidores com um grande número de discos. Ele utiliza um método bastante engenhoso para criar uma camada de redundância, sacrificando apenas uma fração do espaço total, ao invés de simplesmente usar metade dos discos para armazenar cópias completas, como no caso do RAID 1.

  • Mínimo de 3 discos.
  • Bom desempenho, blocos com dados fragmentados.
  • Boa redundância e paridade distribuída.

Em uma implementação RAID 10 ou RAID 1+0, os dados são segmentados através de grupos de discos espelhados, isto é, os dados são primeiro espelhados para depois serem segmentados. Nessa implementação, você vai unir o conceito do RAID 0 e do RAID 1 e vai ter ao mesmo tempo ganho de desempenho e redundância. Esse tipo de implementação é a mais usada para servidores com precisam de um bom desempenho e redundância.

  • Mínimo de 4 discos.
  • Excelente redundância, blocos são espelhados.
  • Excelente desempenho, blocos com dados fragmentados.
  • A melhor opção para qualquer tipo de aplicações críticas, especialmente bancos de dados.

Se você tiver alguma dúvida, não hesite em entrar em contato com a nossa equipe comercial clicando aqui.