fbpx

O que é o Nodejs e quais suas vantagens e desvantagens?

O que é o Nodejs e quais suas vantagens e desvantagens?

Powered by Rock Convert

O Nodejs — ou, também, Node.js — é um “fenômeno” que já tem alguns anos, mas que ainda é uma novidade para muita gente. Ele é uma solução que permite criar uma série de diferentes aplicações Web utilizando apenas o código em JavaScript.

Adotada por boa parte das maiores organizações da indústria da internet, seja como ferramenta principal ou auxiliar, essa tecnologia funciona muito bem, sendo extremamente eficiente e, ainda, pode realmente contribuir para o desenvolvimento de novos programas.

Neste artigo, apresentaremos tudo o que você precisa saber para melhor se ambientar ao Node.js — você verá o que é, para que serve, quais são as suas vantagens e desvantagens. Portanto, continue com a leitura e confira!

O que não é o Node.js?

Para facilitar o seu entendimento acerca do que é o Node.js, começaremos na contramão, mostrando o que ele não é. Isso porque são nesses pontos que muitos ainda se confundem.

Não é uma linguagem de programação

Para desenvolver um sistema com o Node.js, o programador utiliza uma linguagem que há décadas já se faz presente na criação dos mais variados tipos de aplicação Web, o JavaScript.

A questão a salientar é que, apesar de ser uma linguagem de scripting interpretada, o JavaScript, quando em uso com o Node.js guarda algumas semelhanças com as linguagens compiladas.

Isso acontece em virtude da máquina virtual V8, que realiza pré-compilações e aperfeiçoamentos antes mesmo do código entrar em operação.

Não é um framework JavaScript

É importante entender que o Node.js é uma plataforma de aplicação, e não um framework JavaScript. Os programas são escritos em JavaScript, porém, compilados e interpretados pela máquina virtual V8 que, por sua vez, é exatamente a mesma tecnologia que o Google utiliza no Chrome para executar o JavaScript.

A união do Node.js com essa linguagem de programação resulta em um processo híbrido muito mais eficaz no que se refere à execução e o consumo de recursos.

O que é o Nodejs?

Uma vez que você já sabe o que não é, vamos agora ao que de fato é o Node.js. Em resumo, trata-de uma tecnologia assíncrona que trabalha em uma só thread de operação. E o que isso quer dizer? Que ela consegue atender a um imenso volume de requisições ao mesmo tempo, não bloqueando os processos a cada requisição como ocorre em outras tecnologias.

Sob uma visão mais prática, imagine que, ao utilizar o Node.js, o programador opere apenas um fluxo de execução — conhecido como Event Loop.

Ao chegar uma requisição, ela entra nessa corrente para ser verificada pela máquina virtual V8, que indica o que deve ser feito, delega a ação, como fazer uma consulta no banco de dados, por exemplo, e retorna para atender as novas requisições — tudo isso sem ter que pausar/parar o processamento do que está acontecendo.

Esse modelo de funcionamento é bem diferente do tradicional, já que a maior parte das linguagens de programação atua com base no conceito multi-threading. Nesse caso, a cada requisição uma nova thread é aberta, o que significa que se ela fizer uma consulta pesada, a ação fica travada até o seu término, não possibilitando a abertura de outros processos.

Para que serve?

São diversas as serventias do Node.js, sendo que os seus usos mais ideias seriam para:

  • criar aplicações de tempo real;
  • fazer backend de IoT, jogos e apps de mensagens;
  • desenvolver APIs.

Para muitos, o desenvolvimento de APIs é a principal função dessa tecnologia. A razão por trás disso é devido a sua característica de trabalhar em somente uma única thread, o que a torna excelente para essa atividade, já que exige pouquíssimos recursos de hardware.

Quais são as suas principais vantagens?

No que diz respeito aos benefícios, o primeiro deles é que o Node.js utiliza JavaScript, que já tem alguns anos de existência e milhões de programadores em todo o planeta.

Encontrar profissionais para essa tecnologia é uma tarefa um tanto quanto fácil, o que não pode ser dito quando observadas as plataformas concorrentes.

Outra vantagem é que o Node.js acaba com a reclamação de boa parte dos desenvolvedores Web, como ter que trabalhar com linguagens diferentes no back e front-end: ele oportuniza o JavaScript full-stack, permitindo que você o utilize para tudo!

Também vale destacar a leveza e a questão “multiplataforma” do Node.js, que possibilita execuções em servidores abertos e com o sistema operacional que você quiser, reduzindo consideravelmente os custos associados aos softwares e hardwares.

Quais são as desvantagens?

Como em qualquer outra tecnologia, desvantagens estão sempre por perto. Por mais contraditório que seja, uma delas é o uso do JavaScript.

Enquanto um benefício é a facilidade de encontrar programadores, um incômodo para os profissionais que preferem linguagens mais estritas, como C# e Java.

Embora muito já tenha sido criado para o Node.js, de certa forma, ele é recente (2009), uma desvantagem quando comparada à linguagens mais antigas, como Python (1991), JVM (1995) e .NET (2000).

Entenda que nesse contexto, um dos principais fatores de confiança da tecnologia em questão é o quão calejada ela foi e madura ela está. Esses pontos reforçam a sua credibilidade para os projetos maiores e mais pesados.

Dependendo da complexidade dos trabalhos e requisições, seu aspecto assíncrono pode ser um complicador. Isso porque o uso exagerado dos chamados callbacks resultam nos problemáticos “callbacks hell”, que se resumem a uma enorme dificuldade de depuração — esse contratempo pode ser parcialmente solucionado com a utilização de Promises (ES6) e Async/Await (ES7).

Para concluir, não poderíamos deixar de dizer que, apesar dos pesares, não há o que discutir quanto à qualidade e à eficiência do Node.js.

LinkedIn, Paypal, Netflix e Groupon servem como exemplos de organizações que o utilizam para o desenvolvimento de suas aplicações Web. Seja de maneira principal ou auxiliar, é certo de que utilizá-lo pode contribuir de diversas formas no que corresponde à execução dos seus projetos.

Esperamos que você tenha entendido o que é o Node.js. Se gostou do que viu, aproveite para conhecer os nossos planos de hospedagem Linux Expert!

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of