fbpx

Conheça as atuais e principais mudanças no mercado de hospedagem!

Conheça as atuais e principais mudanças no mercado de hospedagem!

Powered by Rock Convert

O mercado de hospedagem está em constante evolução, desde alterações funcionais, que adaptam os sistemas às novas tecnologias, até mudanças administrativas dos desenvolvedores de softwares de gestão de servidores, com alterações de planos e preços, como acontecerá este ano com o cPanel.

É muito importante que os administradores e revendedores fiquem atentos a essas mudanças para evitar surpresas e para tomar as melhores decisões de forma antecipada e planejada. Se você ainda não está 100% atualizado com tudo o que está rolando no mercado, neste post vamos trazer a última grande novidade, que vai mexer diretamente nos bolsos dos revendedores: a mudança na tabela de preços do cPanel. Quer entender melhor do que se trata? Continue lendo!

O que mudará no mercado de hospedagem em 2019?

Sem dúvida nenhuma, a mudança de maior impacto no mercado de hospedagens para o ano de 2019 acontecerá em setembro: a alteração na tabela de preços do cPanel. Basicamente, haverá uma alteração na forma como cada licença instalada por servidor será cobrada.

Até então, os valores se diferenciavam apenas quando ocorria mudança de servidor cloud para dedicado e vice-versa. Independentemente do plano, o número de domínios por servidor era ilimitado, beneficiando os revendedores de hospedagens.

Cada pacote será vendido com um limite de contas pré-determinado, sendo que, quando o usuário excedê-lo, ele sobre automaticamente de pacote, até chegar ao plano Premier, que é o maior — a partir daqui, será cobrado um valor extra para cada conta excedente. Confira a diferença de preços analisando as tabelas atual e a nova.

Tabela até agosto de 2019

  • cPanel para VPS/Cloud, por US$ 20.00, sem limite de domínios:
  • cPanel para servidor dedicado, por US$ 45.00, sem limite de domínio.

Tabela a partir de setembro de 2019

  • Plano Admin, apenas cloud, por US$ 20.00, limitado a até 5 contas;
  • Plano Pro, apenas Cloud, por US$ 30.00, limitado a 30 contas;
  • Plano Premier, servidores Cloud e Dedicado, por US$ 45.00, limitado até 100 contas — será cobrado US$ 0.20 por conta extra, após o limite.

Quais são os impactos dessa mudança?

Para entendermos os impactos da mudança de preços do cPanel na vida dos usuários e revendedores, vamos a um exemplo prático. Um revendedor de hospedagens que tem 1000 contas em seu servidor cloud atualmente paga 20 reais, sem limites de domínio.

Com as novas regras, o cálculo fica da seguinte forma US$ 20.00 por 100 domínios, somados US$ 0.20 por cada uma das 900 contas restantes, dando um total de US$ 180.00, ou seja, um aumento de 900% no valor final.

Para clientes que administram poucas contas, não haverá grandes mudanças no valor final referente ao licenciamento cPanel.

Como se adequar a essas mudanças?

Para não ter grandes surpresas, é importante que o revendedor que terá um impacto maior nessa mudança tome algumas precauções. A primeira delas é verificar a conta de revendedor e encerrar todos domínios expirados/excluídos que são deixados lá, aumentando a contagem final.

Verifique também as contas suspensas, pois é bem provável que essas contas estejam hospedadas em outro local ou que o domínio esteja expirado. Para os usuários simples, para reduzir os custos, remova as contas que você criou, mas não utiliza, mantendo somente aquelas de que você realmente necessita.

Quais são as alternativas mais baratas ao cPanel?

Falamos das mudanças no cPanel e como elas podem atingir os usuários, em especial, os revendedores que trabalham com um volume alto de domínios por servidor. Se você está preocupado com o seu orçamento a partir de setembro, fique sabendo que existem outros softwares que podem substituir de maneira satisfatória o cPanel. Confira as principais alternativas abaixo.

Direct Admin

O principal concorrente do cPanel, o Direct Admin, provavelmente será o maior beneficiário dessa mudança de preços. Ele está disponível para Linux e sistemas BSD, sendo considerado um dos painéis de controle com a melhor usabilidade, atendendo desde uma pessoa leiga até um especialista com a mesma eficácia.

As funções são fáceis de achar, sendo que as opções são todas categorizadas diretamente na tela principal. Além disso, o painel apresenta suporte a múltiplos níveis de acesso — administrador, usuário e revendedor.

No quesito segurança, o destaque vai para as ferramentas bloqueadoras de spam, que automatizam o processo, reduzindo a margem de erro. Outro fato importante é a facilidade que o gestor tem de avaliar as estatísticas completas de usabilidade para cada recurso. Entre as principais funções do Direct Admin, destacam-se:

  • gerenciamento de DNS;
  • criação e gerenciamento de banco de dados;
  • criação e gerenciamento da conta de revendedor;
  • criação de backups.

Plesk

Outro painel de hospedagem que deve ganhar destaque com a mudança na política de preços do cPanel é o Plesk. O software está disponível tanto para servidores Linux quanto para Windows. Estamos falando de um painel bastante popular na Europa e que pode, após essa mudança, ganhar também uma fatia do mercado latino-americano.

Talvez, o grande destaque do Plesk seja o fato de ele ser oferecido para Windows, diferentemente das soluções mais populares. É considerado o painel com maior usabilidade para o sistema operacional da Microsoft.

Nesse painel, as opções são divididas em diferentes categorias, sendo mostradas em uma listagem que fica à esquerda na tela principal, oferecendo uma interface intuitiva, em que as principais funções podem ser acessada com apenas alguns cliques. Dessa forma, os servidores poderão ser gerenciados em um único painel.

Entre as ferramentas de destaque, podemos citar a variedade de automação que o painel oferece, ajudando o usuário a poupar tempo e recursos, podendo desenvolver o seu site com uma preocupação menor em reação à manutenção do servidor.

Assim como o Direct Admin, o Plesk apresenta diferentes níveis de login, sendo 4 ao todo, com vários níveis de permissão e responsabilidades. Os níveis de acesso são:

  • Administrador;
  • Cliente/Revendedor
  • Domain Owner, para gerenciamento de um único domínio;
  • Mail User, acesso básico ao servidor de e-mail.

Gerenciamento via Linux puro

Para quem já tem experiência em administração de servidores em alto nível, uma solução ao aumento do preço do cPanel é encarar um servidor de Linux sem um painel de controle. Nesse cenário, o administrador faz todo a configuração por linha de comando.

Como vimos, a mudança no mercado de hospedagem, mais especificamente em relação aos novos planos do cPanel, pode provocar uma reviravolta em nosso segmento. Para passar por esse momento com tranquilidade, é importante que o seu provedor de hospedagem tenha experiência com os painéis de controles alternativos, como a ValueHost, que oferece um suporte de qualidade para a sua transição.

E aí, quer ter o melhor provedor de hospedagem à sua disposição? Entre em contato conosco e veja como utilizar um painel de hospedagem com o melhor custo-benefício hoje mesmo.

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of
trackback

[…] painel de controle cPanel é um mais populares baseados em Linux para contas de hospedagem na web. Ele permite gerenciar convenientemente todos os serviços em um único local. Atualmente, também […]

trackback

[…] escolha do provedor de hospedagem é uma questão delicada e que, muitas vezes, acaba gerando dúvidas em muitas pessoas. Motivadas […]

trackback

[…] um mercado que fica a cada dia mais competitivo, as empresas utilizam a tecnologia a seu favor para […]