fbpx

6 passos para fazer um backup corporativo eficiente

6 passos para fazer um backup corporativo eficiente

Powered by Rock Convert

Fornecedores, clientes, estoque, relatórios financeiros e qualquer outra informação preciosa para o andamento das suas atividades — qual seria a sua atitude se tudo isso sumisse como num passe de mágica? Provavelmente, entrar em desespero, certo? Pois bem, é exatamente para evitar esse tipo de problema que o backup corporativo é tão importante.

No entanto, mais do que apenas realizá-lo, é fundamental assegurar a eficiência do processo. Do contrário, a probabilidade de não conseguir recuperar-se na sua totalidade é significativa.

De acordo com recente pesquisa, 44% das perdas de dados são causadas pelo mau funcionamento dos hardwares, 32% pelos erros humanos, 14% pela corrupção de softwares, 7% pelos vírus e 3% devido aos desastres naturais.

Seja qual for, a única forma de garantir a total segurança das suas informações é fazendo um backup corporativo eficiente. Como? Seguindo os seis passos que apresentamos a seguir. Continue a leitura e confira. Não perca!

1. Analise as necessidades de backup da sua empresa

O primeiro passo é analisar as necessidades de backup do seu negócio. Nesse caso, há muitas coisas a considerar, começando pelos dados que precisam ser protegidos e pelas estratégias a utilizar para evitar as possíveis perdas.

Aqui, a dica é simples: implemente um procedimento de segurança que se torne parte da rotina organizacional, definindo quem serão os responsáveis por essa atribuição. O ideal é estabelecer uma frequência fixa para a realização dos backups, que deve ser seguida rigorosamente.

É essencial manter uma periodicidade curta. Por quê? Pelo fato de que intervalos muito longos entre um e outro não garantem que a recuperação dos informes ocorra de modo integral.

Isso acontece porque novos arquivos são criados o tempo todo, exigindo também novo backup a cada semana. Instituições de maior porte ou que têm de lidar com grande volume de dados costumam fazê-los diariamente, por exemplo.

2. Estabeleça uma lista de prioridades

Escale os arquivos, as pastas e as suas aplicações por ordem de relevância. Assim, você guardará de forma prioritária as informações mais críticas. São elas que precisarão ser recuperadas mais rapidamente em caso de perdas, sendo esse o motivo pelo qual se deve dar prioridade aos dados que são mais importantes para a sua organização.

3. Avalie os riscos

Em seguida, avalie todos os riscos que podem envolver a perda dos dados. Nesse sentido, dê atenção especial ao cibercrime, que vem crescendo exponencialmente nos últimos anos.

Para melhor proteger as suas informações e aumentar a segurança do negócio, veja as perguntas a serem feitas para determinar o que deve ser considerado quanto a isso:

  • A empresa já foi hackeada antes? Em caso positivo, o que foi roubado e/ou acessado?
  • A localização coloca o meu negócio em risco de danos relacionados aos problemas climáticos, como incêndios e inundações?
  • Quem são as pessoas que fazem login no meu sistema para acessar os dados e serviços — clientes, funcionários ou ambos?

Fazer essas perguntas é essencial para que você possa identificar os riscos. Cada organização tem as suas próprias preocupações, mas tratando-se do backup corporativo é interessante considerar até mesmo os menores riscos.

Para fortalecer os backups ainda mais, proteja os seus arquivos por meio da criptografia. Casos de espionagem interna e roubo de informações por parte dos colaboradores também acontecem.

Ao criptografar os dados, você garante que, se alguém tentar roubá-los (independentemente de quem seja), eles estarão seguros de modo que não se consiga acessar seu conteúdo.

4. Defina a infraestrutura de armazenamento dos backups

Com as necessidades, prioridades e riscos em mãos, o próximo passo é definir a infraestrutura de armazenamento dos backups. As opções são variadas, incluindo:

Discos locais

Essa alternativa é indicada para fazer o backup de hardware e arquivos individuais, não sendo aconselhada para redes. Se a unidade for destruída, você perderá tudo o que foi salvo.

Storage NAS e Storage SAN

Também são opções por serem ideais para armazenar os dados da sua rede, pois facilitam a recuperação das informações, na maioria das vezes, para não dizer todas: a exceção é quando o hardware for destruído.

Armazenamento em nuvem

A nuvem é outra possibilidade, cada vez mais popular. Como você já sabe, as vantagens por trás desse modelo são diversas. Flexibilidade, comodidade, custos mais acessíveis e alta disponibilidade servem apenas como exemplos.

5. Gerencie de forma inteligente o tamanho do backup

Para que o backup corporativo seja eficiente, também é necessário gerenciar o seu tamanho de maneira inteligente. Uma forma de fazer isso é eliminar os arquivos duplicados.

É interessante que você saiba que existem soluções que fazem isso automaticamente, distinguindo os backups anteriores em que os documentos não foram alterados ou editados pelos usuários.

6. Busque apoio especializado

O último passo para a realização de um backup corporativo não poderia ser outro a não ser a busca de apoio especializado. Antes de investir em um sistema de proteção e recuperação de dados, é de fundamental importância ter alguém do seu lado com a expertise necessária para garantir a eficácia do processo.

Nessa lógica, o ponto a destacar corresponde à escolha do seu provedor de hospedagem, que não pode ser negligenciada de forma alguma. Por ser a empresa que se responsabiliza pelo armazenamento dos dados (considerando que você terceiriza essa parte), nada mais justo do que contratar um fornecedor reconhecido no mercado pela robustez de sua infraestrutura e pela qualidade de seus serviços.

Do mesmo modo que você não colocaria o seu dinheiro em qualquer banco que não tenha um bom histórico de atuação, não se pode colocar os dados do negócio em uma organização que não disponha de servidores robustos e que não ofereça um serviço íntegro no qual se possa confiar.

Para finalizar, tenha em mente que os custos envolvidos na realização dos backups certamente valerão a pena. Além de reduzir as preocupações com as perdas de dados, eles protegem a credibilidade do negócio perante os clientes.

Esperamos que você tenha gostado deste artigo com os seis passos para fazer um backup corporativo eficiente. Em caso positivo, não deixe de ver 4 dicas para manter as suas informações sempre seguras!

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of