fbpx

Segurança da informação: principais erros cometidos por profissionais de TI

Segurança da informação: principais erros cometidos por profissionais de TI

Cada vez mais ouvimos falar em ciberataques, vazamento de dados e ameaças online sofridas pelas empresas. Tal realidade, muitas vezes, é concretizada por conta de erros que os profissionais de TI cometem em relação à segurança da informação.

É por esse motivo que os profissionais da área precisam prestar atenção em cada detalhe das suas atividades, pois o que está em jogo são informações sigilosas das empresas e que não podem vazar para concorrentes ou para a imprensa, por exemplo.

Afinal, caso informações como o protótipo de novos produtos ou então dados dos funcionários da empresa caia em mãos erradas, os danos causados podem ser de grande impacto para a organização.

A seguir, desenvolvemos uma espécie de checklist para ser colocado em prática no setor de TI. A ideia é apontar os principais erros cometidos pelos profissionais de tecnologia da informação para que você possa evitá-los. Quer saber quais erros são esses? Então, siga a leitura e confira!

Escolha errada do servidor

O site e as informações dos sistemas, como os softwares de gestão da empresa, precisam estar hospedadas em um servidor. Mas o que isso tem a ver com segurança?

A resposta para essa pergunta é simples. Muitos sites estão vulneráveis à ação de hackers que podem utilizar informações da empresa para ações maliciosas, como o roubo de dados de cartões de créditos de clientes cadastrados em um e-commerce, por exemplo.

Por isso, ao escolher um servidor para hospedar o site e as informações da empresa, convém fazer um estudo minucioso com a organização contratada para compreender quais são as políticas de segurança e as garantias que ela dá em relação à segurança.

O servidor é o coração da área de TI das empresas, pois, se ele falha, todo o resto tende a falhar. Por isso, é importante tomar todos os cuidados e medidas cabíveis para evitar que uma escolha errada cause problemas para a toda a empresa.

Escolha errada do domínio

Também é preciso ter cuidado especial no momento da escolha do domínio do site da empresa. Se você for registrar o site da empresa Loja do Ricardo, por exemplo, e encontrar disponível para registro o domínio “www.lojadoricardo.com.br”, precisa verificar se, por acaso, já não existe um registro para “www.lojadoricardo.com” ou outras variações.

Esse cuidado se justifica porque pessoas mal intencionadas podem utilizar domínios similares aos seus para enganar clientes, passando-se pela sua empresa e aplicando golpes e fraudes com o seu nome.

Por isso, quando for registrar um novo site, também é importante garantir o registro de todas as variações possíveis para que outras pessoas não possam fazer isso posteriormente.

Não implementar políticas de segurança

Os setores de TI das empresas precisam ter políticas claras e bem definidas em relação à segurança. Assim sendo, recomenda-se a elaboração de um manual com as informações acerca desse assunto e o acompanhamento de perto do líder da área para verificar se todos os colaboradores estão seguindo o que foi estabelecido.

Exemplo de algo que deve ser sempre adotado como política de segurança é o reforço extra para ampliar os cuidados online no que se refere aos dados financeiros, sendo necessário para isso o investimento em criptografia e certificados de segurança.

Todos os profissionais do setor de TI da empresa precisam estar cientes dessas políticas e serem devidamente orientados pelos supervisores e RH da empresa, assim que contratados para trabalhar na organização.

Não conhecer as principais ameaças

Sempre que uma nova tecnologia surge no mercado, é comum que também apareçam novas ameaças, como vírus com maior resistência aos programas de prevenção. Por esse motivo, a área de TI precisa estar sempre atenta para identificar essas novas ameaças e, assim, arranjar previamente formas de combatê-las.

Deve-se ainda buscar a implementação na empresa de uma cultura voltada para a identificação de ameaças, de modo que os colaboradores se sintam motivados a sempre buscar mais estudos e qualificação para conhecer elementos prejudiciais para a empresa e garantir a segurança da informação.

Não investir na proteção de informações

Por mais desenvolvidas que sejam as estratégias do setor de TI para melhorar a segurança de dados, é preciso que haja investimento em novos recursos e tecnologias que visem a proteção das informações da empresa.

Os sistemas de criptografia de dados, os antivírus de qualidade, entre outros recursos, podem contribuir para a proteção da empresa contra os ataques virtuais que ela pode se submeter futuramente.

Falta de critérios na escolha dos profissionais do setor

É claro que nem sempre você poderá contar apenas com profissionais experientes no seu time de TI, pois sempre haverá a necessidade da contratação de colaboradores iniciantes ou estagiários para atuar na área.

No entanto, para as atividades que envolvem a segurança da informação, recomenda-se a escolha de pessoas que já têm certo tempo de experiência no setor de TI.

Além disso, os profissionais que têm acesso a determinadas senhas de acesso de pontos sigilosos da empresa, por exemplo, precisam ser escolhidos a dedo, pois é necessário ter extrema cautela para definir o responsável confiante para ficar responsável por esse trabalho na empresa.

Não ter um planejamento estratégico

Finalmente, o setor de TI precisa ter um planejamento estratégico revisado pelo menos uma vez ao ano, no qual devem estar claras as políticas de segurança e as estratégias que devem ser seguidas para que sejam colocadas em prática na empresa.

Cabe destacar a importância de verificar se esse planejamento está sendo executado pelos profissionais da área, pois de nada adianta ter estratégias inovadoras se elas não forem seguidas e colocadas em prática no setor.

Portanto, esses são alguns dos principais erros cometidos por profissionais de TI no que se refere à segurança da informação. É importante estar sempre atento a essas falhas para que não sejam cometidas na empresa em que você exerce as suas funções como gerente de TI.

Gostou do nosso artigo e quer receber mais informações relevantes como essas em seu e-mail? Que tal então assinar a nossa newsletter? Assim, sempre que tivermos novidades, enviaremos para o seu e-mail. Não perca essa oportunidade!

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of