fbpx

Na hospedagem compartilhada, os recursos de um servidor são divididos entre vários clientes, dando margem para que haja um aumento nos riscos de TI. Na dedicada, eles pertencem apenas ao seu titular. Além de ter exclusividade de recursos, a empresa fica responsável pela gestão desse ambiente.

Toda essa exclusividade tem um preço e faz do servidor dedicado uma opção mais cara do que o compartilhado, o que coloca essa opção como ideal para empresas que têm muitos acesso em seus sites, como os grandes e-commerces e sistemas com altas requisições. Se a sua empresa tem uma alta demanda por recursos, está na hora de considerar a contratação de um servidor exclusivo para atender às necessidades.

Neste post, vamos apresentar os 6 riscos de TI que a sua empresa pode evitar ao adotar um servidor dedicado. Continue a leitura até o fim para conferir os detalhes mais importantes sobre esse sistema.

1. Violação de informações

Com os empreendimentos cada vez mais dependentes dos dados para a tomada de decisões estratégicas, não contar com uma hospedagem dedicada pode colocar tudo em risco. Em um servidor compartilhado, não há a oportunidade de personalizar o ambiente de acordo as suas necessidades de segurança nem a de adotar todas as medidas de proteção que forem necessárias, como firewall, antivírus, criptografia de dados etc.

Em um sistema dedicado, com a empresa 100% responsável pela segurança e não respondendo por atitude de terceiros, há mais camadas de proteção contra ameaças e vulnerabilidades decorrentes de atitudes indevidas de uns dos “vizinhos” de servidor.

Outro fator importante em relação à redução dos riscos de TI está no fato de que, quando a organização contrata o servidor dedicado de um provedor com credibilidade, tem a garantira de contar com uma boa política de segurança física em relação aos data centers, ou seja, minimiza as ameaças a quase zero.

2. Limitação no controle de recursos

Ao não optar por uma hospedagem dedicada, o gestor corre o risco de ter o controle limitado. Dessa forma, toda a configuração que a equipe de TI fizer no seu planejamento estratégico poderá ser prejudicada, travando voos mais altos que a empresa planeja dar.

No entanto, quando há um servidor dedicado, pode-se configurá-lo de acordo com as suas exigências e gerenciar as suas demandas no ritmo do crescimento. Além disso, existe a possibilidade de sempre responder com agilidade às demandas de mercado.

3. Perda de performance da aplicação

Quando você coloca um site no ar e espera muitas visitas, o que menos quer é que ele tenha um desempenho ruim, afinal, com tantas opções, dificilmente um visitante vai esperar por muito tempo que a página carregue ou que uma função seja executada sem começar a procurar por outro.

No caso de uma aplicação corporativa, o baixo desempenho pode resultar em queda brusca da produtividade e, por consequência, na receita de empresa, bem como existe a probabilidade de atrasos e perda de prazos.

Ao contar com uma hospedagem dedicada, a empresa passa a trabalhar em um ambiente que favorece o desempenho das aplicações. Isso acontece porque estamos falando de um ambiente único, no qual o tráfego tende a ser bem menor do que em uma compartilhada.

Esse é o caminho para promover uma navegação mais fluida e reduzir o tempo de carregamento das páginas e funcionalidades. O resultado é um aumento da produtividade para os funcionários e uma melhor experiência para os visitantes.

4. Instabilidade do sistema

Além da performance, outro fator que deve ser levado em conta é a estabilidade do servidor, afinal não adianta ter um site com um bom design e usabilidade se ele cai com frequência. Esse é outro risco de TI que você corre quando deixa de contar com uma hospedagem dedicada.

Essas soluções tendem a oferecer muito mais equilíbrio para os seus usuários devido à exclusividade. Quando provedores de qualidade são contratados, o site fica localizado em data centres de primeira linha, os quais contam com os melhores equipamentos, recursos de redes e hardwares. Toda essa solidez garante a estabilidade e reforça o ganho de desempenho das aplicações.

5. Configuração de hospedagem inadequada

Ao contar com soluções compartilhadas, o empreendimento entra numa espécie de competição por acessos e armazenamento, já que nem sempre essa divisão de recursos é justa, principalmente em relação aos de processamento e memória.

Se você dividir o servidor com outra página que tem um grande volume de acessos simultâneos, correrá o risco de limitar o seu tráfego. Contudo, ao contar com uma hospedagem dedicada, há exclusividade em relação ao uso da capacidade do sistema, o que significa contar com uma maior largura de banda e espaço para as questões de armazenamento.

6. Prejuízo no ranqueamento de SEO

Cada servidor tem um IP, ou seja, quando você utiliza a hospedagem compartilhada, divide o endereço raiz com sites dos quais não conhece a procedência. Por exemplo, se você compartilhar IP com páginas que apresentam conteúdo adulto ou spam, poderá perder pontos no ranqueamento. Isso resulta em uma redução brusca no tráfego, algo que, quando se trata de uma organização comercial, impacta o número de negócios fechados.

Ao optar por uma hospedagem dedicada, esse risco é eliminado, visto que vai contar com um servidor exclusivo e com um endereço de IP próprio. Se o seu site trabalha com transações bancárias, por exemplo, e tem como prioridade um certificado SSL para o processamento de cartão de crédito, ter um IP limpo é primordial.

Como vimos, ao não contar com um servidor dedicado, a sua empresa assume uma série e riscos de TI que podem colocar o negócio em sérias dificuldades. Ter uma aplicação web instável ou insegura é a chave para que a concorrência conquiste todos os visitantes que poderiam ser seus. Para evitar esse tipo de situação, procure por um bom provedor e consulte os planos dedicados a fim de elevar o patamar de sua atuação digital.

Gostou do post? Quer receber outras dicas como essas? Então, assine já a nossa newsletter e receba em primeira mão as nossas novidades.

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.