fbpx

Conheça as 6 principais dúvidas respondidas sobre o painel WHM!

Conheça as 6 principais dúvidas respondidas sobre o painel WHM!

Powered by Rock Convert

Para as empresas, contratar um plano de revenda de hospedagem pode ser uma alternativa interessante para que seus sites, blogs, páginas e espaço no servidor sejam bem administrados. Nesses casos, você terá ativado um painel WHM, que pode ser muito útil para as estratégias digitais da organização.

Apesar disso, muitas vezes, o painel WHM não é utilizado em sua totalidade pelo fato de muitas pessoas não conhecerem, de fato, para que ele serve ou pensarem que se trata da mesma coisa que o cpanel.

Pensando em esclarecer as principais dúvidas que os empreendedores ou profissionais de TI têm sobre o assunto, desenvolvemos este post. Veja, a seguir, as respostas para os principais questionamentos que envolvem o painel WHM.

1. O que é um painel WHM e para que ele serve?

WHM é uma sigla em inglês para Web Host Manager, e trata-se de um programa que permite ao usuário o acesso ao painel administrativo do back-end do cpanel.

De maneira geral, o painel WHM serve para que os gestores dos sites e blogs das empresas tenham mais flexibilidade para gerenciar recursos, como aplicativos e plugins. Além disso, oferece a oportunidade de vender serviços de hospedagem para outras empresas menores, de modo em que vários cpanels possam ser criados em um mesmo espaço.

2. Quais são as principais diferenças entre o painel WHM e o cpanel?

Ao fazermos uma analogia com uma família, poderíamos dizer que o painel WHM é o pai do cpanel. Isso se justifica porque ele é o painel que os revendedores de hospedagem utilizam para criar conta, administrar o espaço virtual ocupado pelos sites, gerenciar zonas de DNS etc.

O cpanel, por sua vez, é uma ferramenta que está inclusa no painel e que tem por objetivo gerenciar domínios que estão nos servidores que estão hospedados no WHM.

3. Como criar uma lista de recursos no painel WHM?

As listas de recursos são úteis para que os gestores de TI façam um melhor gerenciamento das ferramentas disponíveis no painel WHM. Para isso, é preciso seguir alguns passos simples:

  • acesse o seu painel WHM;
  • localize a seção “Gerenciador de recursos”;
  • crie um nome para a sua nova lista de recursos;
  • clique no botão “Adicionar lista de recursos”;
  • na lista que abrirá, selecione os recursos que deseja incluir em sua lista;
  • após selecionar todas as funções desejadas, clique no botão “Salvar”.

Pronto, seguindo esses passos você terá criado uma lista de recursos personalizada no painel WHM. Desse modo, sempre que precisar utilizar as mesmas funções, terá essa facilidade.

4. Como configurar o cpanel/WHM em uma VPS?

Os servidores virtuais privados — ou VPS, como também são conhecidos — podem ter o cpanel e o painel WHM facilmente configurados. Para que você saiba como fazer isso, criamos um passo a passo. Veja:

  • acesse a instalação do WHM pelo IP do seu servidor de VPS, geralmente nas portas 2086 ou 2087;
  • ao ser direcionado para o contrato de licença, leia os termos e, se estiver de acordo com tudo o que diz ali, clique em “I agree”, concordando com as informações;
  • configure a rede, preenchendo os campos de informação de contato e de endereço de contato do servidor. Nos itens em que não há um asterisco vermelho, o preenchimento é opcional;
  • configure o endereço de IP e as nameservers, preenchendo todas as informações necessárias;
  • escolha os serviços que você deseja habilitar no painel WHM e no cpanel;
  • finalmente, configure as cotas, deixando sempre os itens padrão marcados.

Pronto, seguindo esses passos, você terá configurado o painel WHM e o cpanel em uma VPS.

5. Como definir uma senha para o painel WHM?

Para evitar invasões em seu painel WHM é recomendado que você crie uma senha forte e que não seja facilmente identificada. Para redefinir a senha padrão, basta aplicar os passos a seguir:

  • no painel WHM, clique no botão “Funções de conta”. Também é possível pegar um atalho, digitando a palavra “senha” no campo de pesquisas;
  • na tela seguinte, clique na opção “Modificação de senha”;
  • na sequência, escolha a conta do usuário principal, o administrador do WHM;
  • insira a nova senha que deseja aplicar e confirme.

Feito isso, você terá definido uma nova senha para o painel WHM e, consequentemente, terá mais segurança para as informações disponibilizadas em suas páginas na internet.

6. Quais são as principais vantagens do uso do painel WHM?

O uso de um painel WHM traz diversas vantagens para a área de TI das empresas. Veja, na sequência, algumas das principais delas:

  • facilidade de encontrar soluções: com o painel WHM, sempre que algum problema for diagnosticado, será mais fácil encontrar soluções para ele;
  • boa usabilidade: o painel WHM é bastante intuitivo e fácil de utilizar, não sendo necessário perder muito tempo para aprender os seus recursos administrativos;
  • boa portabilidade: é muito fácil de fazer a migração do painel WHM de uma empresa para outra, caso haja a necessidade;
  • bastante tempo de desenvolvimento: o painel WHM já é utilizado desde meados da década de 90, tento mais de 20 anos de aprimoramento;
  • aumento da segurança: você pode criar diferentes cpanels para cada site da empresa. Assim, se um invasor ou hacker acessa um site, não terá acesso às informações de outros, deixando as informações da empresa mais seguras;
  • privacidade: não é possível saber quantas contas de cpanels estão conectadas a um painel WHM. Desse modo, há mais privacidade virtual para a organização;
  • informações sobre o status do servidor: a qualquer momento você poderá ter acesso às informações e status do servidor da sua empresa.

Em resumo, o painel WHM traz diversas vantagens para as empresas, pois otimiza o trabalho dos gestores de TI em várias situações.

Portanto, convém fazer tal investimento e garantir mais segurança e praticidade para os sites, blogs, portais e outros tipos de páginas que a sua empresa mantiver.

Esperamos que tenhamos conseguido esclarecer as suas dúvidas sobre o assunto. Se você gostou deste artigo e quer ficar sempre por dentro de outras informações interessantes sobre TI, não deixe de assinar a nossa newsletter! Assim, poderemos enviar as novidades para o seu e-mail.

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of