fbpx

Assistente virtual inteligente: você sabe para que serve e como funciona?

Assistente virtual inteligente: você sabe para que serve e como funciona?

Powered by Rock Convert

Não é segredo para ninguém que o mundo está em um processo de transição rumo a uma transformação digital de proporções grandiosas. O avanço de tecnologias como a computação em nuvem, Big Data, inteligência artificial e derivadas já está mudando as formas de comunicação, entretenimento e trabalho. Uma das tecnologias que vêm abarcadas por essa transformação é o assistente virtual inteligente.

A possibilidade de poder fazer buscas, controlar dispositivos e cumprir funções apenas utilizando comando de voz já deixou de ser coisa de filmes futuristas e está na palma das nossas mãos.

Gigantes da tecnologia como a Apple, Microsoft, Google, Amazon e Samsung estão desenvolvendo soluções com inteligência artificial que permitem que as pessoas façam buscas e executem comandos de voz, dando mais segurança e gerando oportunidades para as empresas.

Neste texto, você entenderá um pouco mais sobre o que são os assistentes virtuais e algumas das vantagens que essa tecnologia traz para pessoas e empresas. Confira!

Afinal, o que é um assistente virtual inteligente?

Você já usou o “Ok Google” para fazer uma busca em seu smartphone? Ou conversou com a Siri em seu iPhone? Então, já teve o seu primeiro contato com um assistente virtual inteligente, essa tecnologia que tem um futuro promissor. Apesar de o uso mais recorrente ser para fazer buscas, esses softwares estão cada vez mais sofisticados.

Graças ao machine learning, ou aprendizado de máquina, os assistentes virtuais estão se aperfeiçoando de forma autônoma. Conforme vai sendo utilizado, o algoritmo é refinando para chegar mais próximo aos anseios de cada usuário, entregando respostas cada vez melhores.

Esse aperfeiçoamento faz com que os assistentes virtuais comecem a deixar o escopo dos smartphones e se tornem soluções para empresas e casas autônomas, os famosos voice user interfaces.

Em uma casa, por exemplo, o assistente virtual inteligente pode executar funções como controle de iluminação, trancamento de portas, controle de aparelhos eletrônicos e até de eletrodomésticos. A integração de Internet das coisas, nuvem e inteligência artificial oferece um farto material para o desenvolvimento dos assistentes virtuais.

Quais são os assistentes virtuais mais populares?

Embora os estudos relacionados ao desenvolvimento de assistentes virtuais permeiam as principais instituições e empresas de desenvolvimento do mundo, a maioria se baseia nos mais populares e que foram desenvolvidos pelas gigantes da tecnologia. Confira abaixo.

Alexa

Inspirada no computador da série Star Trek, a Alexa é a assistente virtual mais popular e muito utilizada fora do Brasil. Ela é integrada a um alto-falante inteligente também da Amazon Echo.

Apresenta uma versão voltada para o mundo empresarial, com ferramentas que auxiliam na melhoria de produtividade de uma corporação com agendamentos de reuniões, gerenciamento de videoconferência e ações mecânicas, como abrir e fechar persianas.

Siri

Famosa por suas respostas inusitadas para perguntas subjetivas, como dilemas da vida ou problemas amorosos, a assistente virtual Siri, da Apple, está disponível em todos os dispositivos da marca.

Google Assistant

Enquanto a Apple e a Amazon deram nomes quase humanos para as suas ferramentas, a Google não foi tão criativa com seu Google Assistant. Mas a falta de criatividade para no nome, pois o aplicativo é um dos mais refinados.

Com o lançamento do Google Home, um acessório lançado em maio de 2016, com funcionalidades similares ao Echo, a Google começou a se lançar como concorrente da Amazon em assistentes virtuais para os lares.

Cortana

Com menos apelo do que os concorrentes, até pelo não emplacamento de seu sistema operacional para smartphones, a Microsoft lançou o seu assistente virtual, Cortana, que está presente nos PCs que têm o Windows 10. Assim como os anteriores, pode ser integrado a um alto-falante inteligente, o Invoke, mas está longe da popularidade e tecnologia de seus concorrentes.

Bixby

Além de trazer o assistente do Google, via Android, os smartphones da Samsung ganharam um assistente virtual da própria marca, o Bixby, que foi implementado a partir dos modelos S8 e S8+. Apesar de ser testado e aperfeiçoado apenas em aparelhos móveis, a Samsung já tem planos para implementá-lo como assistente doméstico, em geladeiras da marca.

Como não poderia ser diferente, a marca coreana não poderia ficar de fora da tendência dos alto-falantes inteligentes e lançou o Otto, que tem recursos avançados de reconhecimento facial e câmera e promete investir pesado para concorrer como os líderes de mercado, Alexa e Google Home.

Quais as vantagens do assistente virtual inteligente?

Bem, já vimos que os assistentes virtuais inteligentes estão mudando a forma como as pessoas utilizam seus smartphones e até a rotina doméstica. Mas seus benefícios não param por aí.

O mundo dos negócios está aproveitando bem o desenvolvimento dessas tecnologias, aliando-as aos processos internos e à exigência dos novos consumidores que estão emergindo. Confira alguns dos benefícios que as corporações têm com as assistentes virtuais.

Redução de custos

Com um consumidor cada vez mais exigente e participativo, as empresas estão tendo que se dedicar aos sistemas de atendimento ao cliente. Isso representa gastos não só com equipamento e sistemas, mas também com contratações, treinamento, horas extras etc.

Como os assistentes virtuais são capazes de responder inúmeras questões, e até de resolver problemas técnicos com assistentes técnicos virtuais, as empresas conseguem reduzir as suas despesas operacionais voltadas para o atendimento, podendo realocar o investimento em outros setores do seu core business.

Personalização de atendimentos

O assistente virtual refina a sua performance de acordo com as preferências do seu usuário, suas principais buscas, requisições etc. Isso garante que o consumidor tenha o melhor atendimento 24hs por dia, 365 dias no ano.

Essa personalização é potencializada graças à multiplicidade de canais, que aumenta ainda mais a disponibilidade e a possibilidade de capturar dados, que alinham os algoritmos com a rotina dos usuários.

Os assistentes virtuais estarão nos PCs, tablets, smartphones, televisores, caixas de som inteligentes e eletrodomésticos. Mesmo com essa multiplicidade, os dados ficarão centralizados, permitindo o aperfeiçoamento do Machine Learning.

Praticidade

Vivemos na era da praticidade, em que as pessoas querem fazer tudo de forma rápida e simples, seja uma busca, tirar uma dúvida, comprar, executar um aplicativo etc. Os assistentes virtuais inteligentes trazem todas essas facilidades e, se bem exploradas pelas empresas, podem ajudá-las a fidelizarem mais ainda o consumidor.

A expectativa é que, em um futuro próximo, os assistentes virtuais se tornem cada vez mais próximos ao ser humano. A preocupação em alinhar a inteligência artificial com a linguagem natural promoverá diálogos amigáveis, permitindo às pessoas fazerem consultas aos assistentes virtuais inteligentes sem perceberem que estão conversando com um robô.

Gostou do nosso post sobre assistente virtual inteligente? Então, deixe o seu comentário.

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of