fbpx

7 tendências de TI para você ficar de olho!

7 tendências de TI para você ficar de olho!

Powered by Rock Convert

Berço de transformações que a cada dia que passa traz novas soluções, esse é o ambiente das tecnologias da informação. Palco de inovações e constantes evoluções, não se discute o fato de que para ser possível acompanhar a efervescência desse setor, é fundamental que se esteja por dentro das tendências de TI. 

Aliás, foi pensando exatamente nisso que elaboramos este conteúdo. Diante da sua passividade de mudanças e importante influência para o sucesso de uma empresa, nada mais justo do que estar “harmonizado” com os rumos do futuro.

Os novos paradigmas não param de chegar, e com eles estão vindo os novos desafios. Quem não estiver preparado, ficará para trás. Dito isso, apresentaremos a seguir as 7 principais tendências de TI para você ficar de olho e não perder de vista. Confira!

1. Inteligência Artificial

Indiscutivelmente uma das tendências de TI mais importantes, a Inteligência Artificial (IA) poderá ser utilizada para os mais variados tipos de situação. Na verdade, a aplicação desse conceito já não é mais nenhuma novidade, porém, se ainda não é tido como uma obrigação, logo será.

Por permitir a construção de sistemas autônomos capazes não apenas de executar uma tarefa, mas também de se adaptar às situações e aprender, essa tecnologia ainda dará muito o que falar.

Seja nos processos operacionais, administrativos ou relacionados ao atendimento ao cliente, a Inteligência Artificial será uma peça-chave para o crescimento das empresas, disso não há a menor dúvida.

2. Plataformas de conversação

Recurso que já está mudando a maneira como os consumidores interagem com o mundo digital, as plataformas de conversação podem ser descritas como soluções que visam automatizar o diálogo com os clientes por meio de assistentes virtuais. 

E sabe quem está por trás dessa tecnologia? A Inteligência Artificial. E embora estejam entre as tendências de TI, é interessante que você saiba que elas já estão mais presentes do que se imagina.

Prova disso são os chatbots, que se resumem a um software que opera e gerencia a comunicação com os usuários da internet por meio de um simples sistema de troca de mensagens. Eles possibilitam a automação dos atendimentos mediante à configurações e padronizações de conversas.

3. Gêmeo digital

Esta é uma das tendências de TI que poderá trazer grandes benefícios para as organizações: o gêmeo digital. Basicamente, trata-se de uma metodologia que estabelece cópias digitais exatas de cada uma das etapas de um determinado processo de produção.

O gêmeo digital é visto com bons olhos principalmente pelas indústrias, entretanto, outros tipos de negócio também poderão aplicá-lo para a otimização dos seus procedimentos.

E é exatamente esse o seu propósito principal, proporcionar a melhoria constante. A diferença, e sua grande vantagem, é que não interromperão o andamento dos processos.

4. Experiências imersivas

Para muitos, o futuro das relações de compra e venda será amplamente dominado pelas experiências imersivas. Atualmente, o mercado apresenta duas abordagens já inseridas nesse contexto: a Realidade Virtual (RV) e a Realidade Aumentada (RA).

Tanto uma quanto a outra ainda estão nos seus estágios iniciais. Todavia, esse cenário promete muitas novidades em relação às aplicações dessas tecnologias e às possibilidades que elas trarão para o desenvolvimento das empresas.

5. Internet das coisas

A internet das coisas (Internet of Things – IoT) não poderia ficar de fora dessa lista em hipótese alguma. E o porquê disso? A resposta: por que ela será a responsável por tornar os objetos do cotidiano inteligentes. 

Para ilustrar, pegue como exemplo as geladeiras que, além de realizarem suas funções básicas (conservar e refrigerar bebidas e alimentos), também ajudam os seus usuários a fazer a sua lista de compras do mercado — os carros com direção automática e que são capazes de interagir com os motoristas também servem como modelo de aplicação dessa tecnologia.

6. Edge Computing

À medida em que a Internet das Coisas avança, um curioso “fenômeno” pode se manifestar: o Edge Computing. Quando traduzimos esse termo para o português, ele significa “computação de ponta”.

Nesse caso, esse conceito também está entre as tendências de TI pelo simples fato de que ele será uma decorrência dos objetos inteligentes. Isso ocorre por que a aplicação da internet das coisas está diretamente relacionada às tecnologias em nuvem.

E o ponto a destacar, aqui, é que o uso desses tipos de produto exige a coleta, o processamento e a troca de dados. Porém, o problema é que a dependência exclusiva dos serviços em nuvem pode resultar em gargalos e instabilidades no que corresponde à conexão de rede.

Com o auxílio do Edge Computing, essas complicações poderão ser totalmente evitadas. Em termos práticos, ele fará como que a coleta, o processamento e a troca de dados passem a acontecer próximo a fonte, ou seja, nos próprios produtos: isso quer dizer que eles serão equipados com um computador de considerável desempenho.

7. Blockchain

Por último, mas não menos importante, falaremos um pouco do blockchain, uma verdadeira revolução. Quanto ao seu conceito, pode-se descrevê-lo como um sistema que possibilita o compartilhamento de acesso aos mesmos dados, por inúmeras partes, oferecendo um altíssimo grau de confiabilidade.

Devido a isso, muitos o consideram como um “protocolo de confiança”, pois sua concepção tem como parâmetro de segurança a descentralização das informações, as distribuindo e as compartilhando entre milhares de computadores da rede.

Em resumo, a tecnologia blockchain funciona como uma espécie de livro contábil, um registro de transações. A diferença, todavia, é que, por ser baseada em um banco de dados partilhado e universal (e criptografado), as informações das pessoas ou empresas não ficarão armazenadas em apenas um único lugar.

Dessa forma, roubá-las ou sequestrá-las será uma tarefa praticamente impossível. As chances para que isso ocorra são mínimas, para não dizer zero.

Para concluir, não se esqueça do que falamos no início do artigo, que para ser possível acompanhar as mudanças, é essencial estar ambientado às tendências de TI. As apresentadas aqui são as mais relevantes, por isso, fique de olho nelas e procure aumentar os seus conhecimentos.

O que você achou deste conteúdo? Gostou? Então não deixe de conferir o que é um servidor VPS e por que essa pode ser a melhor opção para hospedar os seus sites!

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of