Saiba o que é Cloudlinux e quais os seus principais recursos

Saiba o que é Cloudlinux e quais os seus principais recursos

Você sabe o que é o CloudLinux e quais são os seus principais recursos? Seja qual for a sua resposta, podemos adiantar que ele é de extrema importância para a otimização de estabilidade dos servidores de hospedagem.

Por encapsular os usuários em um ambiente seguro e isolado, ele oferece uma série de benefícios para todo e qualquer tipo de negócio que hospede as suas aplicações em um servidor dedicado ou VPS.

Apenas por uma questão de informação, saiba que o CloudLinux é um braço comercial do Linux que foi desenvolvido para possibilitar o máximo da capacidade de um servidor.

De qualquer maneira, preparamos este artigo para apresentar tudo o que você precisa saber sobre o assunto. Neste post você verá o que é, quais são os recursos e os benefícios de utilizar o CloudLinux. Confira!

O que é o CloudLinux?

Distribuição comercial projetada especificamente para os Data Centers e provedores de serviços de hospedagem: basicamente essa é a descrição do CloudLinux.

Capaz de aumentar a eficiência e a estabilidade dos servidores, sua utilização também pode diminuir o impacto causado pelas sobrecargas operacionais que se referem ao compartilhamento do serviço.

Você deve estar se perguntando como o CloudLinux consegue proporcionar tudo isso, certo? Pois bem, para responder essa pergunta, nada melhor do que citarmos a tecnologia Lightweight Virtual Environment (LVE), que isola e separa os processos de cada usuário de acordo com os limites preestabelecidos para a conta.

Ele funciona como uma espécie de “máquina virtual”, em que a quantidade de recursos é determinada com base no que você deseja usar. Imagine que existem diversas máquinas dentro do servidor e que os usuários “ali presentes” estarão limitados a essa determinação: isso evita que eles extrapolem e prejudiquem as operações dos “vizinhos”.

Em outras palavras, o CloudLinux evita que os sites hospedados em um mesmo servidor ou as hospedagens compartilhadas sejam prejudicadas pelo excesso de consumo de uma única conta. Simples assim.

Além disso, ele também ajuda a eliminar os picos de load, problema comum e recorrente nesses tipos de solução. Ao empregá-lo, o fornecedor do serviço poderá isolar e gerenciar recursos como:

  • memória RAM;
  • processamento (CPU);
  • leitura dos discos;
  • processos do Apache, entre outros.

Para quem utiliza o cPanel como ferramenta de gestão, as vantagens serão ainda melhores, pois a união entre eles é perfeita, possibilitando mais controle em relação às estatísticas de consumo dos recursos.

Quais são as funções do CloudLinux?

Quanto à sua função, não há segredo algum: o CloudLinux visa otimizar o comando e o manejo das aplicações hospedadas dentro dos servidores. Embora isso já tenha sido falado anteriormente — mesmo que de outro modo —, é interessante que você saiba como isso ocorre na prática.

Nesse sentido, estamos nos referindo à experiência de uso. Para exemplificar, se uma conta alcançar o limite estipulado pelo CloudLinux para qualquer um dos recursos do servidor, uma lentidão será percebida no site do cliente em questão.

Tal circunstância é ocasionada de forma intencional pelo próprio sistema, fazendo com que os outros websites hospedados nesse mesmo servidor não sejam prejudicados.

Para facilitar o seu entendimento, a lentidão é resultado da menor prioridade que o CloudLinux dá ao site que ultrapassou os limites do servidor — seja dos processos, da memória, do CPU etc.

Quais são os principais recursos?

Agora que você já sabe o que é o CloudLinux, veja a seguir quais são os seus principais recursos:

LVE Manager

Tecnologia que proíbe os usuários de ultrapassarem os recursos do servidor que lhes foi permitido, eliminando os índices de sobrecarga. O LVE Manager é peça-chave para o funcionamento do CloudLinux.

MySQL Governor

Capaz de observar a utilização de cada usuário separadamente, MySQL Governor garante que os administradores saibam e percebam o que está transcorrendo em seus serviços de hospedagem.

Ao se tratar da modalidade compartilhada, pode ser um tanto quanto complicado manter o MySQL sempre estável — isso sem contar que as consultas dos clientes podem resultar na queda do servidor.

Independentemente da ocorrência, o MySQL Governor ajuda a identificar os agressores de consultas, eliminado-os em tempo real.

CageFs

O CageFs pode ser descrito como um sistema virtualizado que enjaula os usuários, não permitindo que vejam um ao outro e evitando a visualização dos dados sensíveis pelas partes que não deveriam acessá-los.

Isso significa que esse enjaulamento auxilia na proteção dos ataques que teriam como propósito a divulgação de informações sigilosas — o CageFs não exige nenhum tipo de alteração nos scripts, tudo é feito de maneira transparente.

Python Selector

Outro recurso que vale ressaltar é o Python Selector, que consente aos utilizadores a escolha da linguagem Python como se fosse uma aplicação, autorizando a instalação de módulos complementares.

Para otimizar a performance dos aplicativos, o Python Selector se aproveita do “mod_passenger”.

PHP Selector

Não menos relevante está o PHP Selector, que disponibiliza todas as versões populares do PHP e ainda oferece mais de 100 extensões para escolher.

Ele oportuniza a troca da versão PHP de acordo com as preferências do administrador, concedendo a seleção das extensões sem que seja necessário trocar de servidor ou passar para o VPS.

Quais são os benefícios de utilizar o CloudLinux?

Antes de concluirmos, não poderíamos esquecer dos benefícios de utilizar o CloudLinux. De forma clara e objetiva, são eles:

  • garantia de maior UpTime;
  • recursos do servidor separados igualmente;
  • separação de contas, evitando que o uso exorbitado de um cliente afete ou até mesmo derrube o serviço dos demais;
  • proteção adicional contra as falhas de segurança;
  • mais agilidade e estabilidade operacional quando comparado a outras soluções disponíveis;
  • perfeita integração ao cPanel;
  • frequente correção de segurança (atualização ou patch), tornando todo o ambiente mais seguro.

Para concluir, tenha em mente que o CloudLinux não apresenta desvantagem alguma, apenas benefícios.

Ao procurar pela sua hospedagem, dê preferência aos fornecedores que o utilizem. Esse é um dos passos mais importantes para se certificar de que o serviço suportará as suas necessidades.

Se você gostou deste artigo, acompanhe-nos redes sociais para ficar por dentro dos melhores conteúdos sobre TI e internet. Estamos no Facebook e no Twitter!

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar
  Subscribe  
Notify of