fbpx

Entenda como a infraestrutura do site influencia na loja virtual

Entenda como a infraestrutura do site influencia na loja virtual

Powered by Rock Convert

Hoje, vamos falar de um assunto que passa despercebido (mas não deveria) por boa parte dos gestores e profissionais de TI: a influência da infraestrutura do site para o sucesso de uma loja virtual.

Porém, antes de mais nada, é preciso deixar claro que quando falamos em infraestrutura, estamos nos referindo, nesse caso, aos aspectos relacionados à hospedagem.

A primeira observação a se fazer aqui é a importância de se ter um serviço especializado e que possa atender todas as demandas de um e-commerce. E a segunda é a necessidade de entender que pouco importará a sua beleza visual se ele não for seguro, rápido e estável.

Dito isso, mostraremos a seguir os fatores que são influenciados pela hospedagem do site e que podem fazer toda a diferença em relação aos resultados de uma loja virtual.

Aproveite a leitura!

Desempenho

Começaremos então por um dos pontos mais importantes, o desempenho do site. Tenha em mente que ao contratar um provedor reconhecido pelo mercado e que possa garantir a qualidade da hospedagem, é certo de que a performance da sua loja virtual será otimizada.

Nesse sentido, o destaque principal vai para a velocidade de carregamento das páginas, uma questão de extrema relevância para as taxas de conversão. Entenda que um site lento e que demora para carregar fará com que os visitantes percam a paciência, afetando, assim, o volume das vendas.

No entanto, quando se tem uma boa infraestrutura por trás, problemas como esse podem ser totalmente evitados. Como? Bem, além de proporcionar o que há de melhor em termos de tecnologia de armazenamento (softwares e hardwares), você também terá uma série de soluções complementares que aumentarão o desempenho do site ainda mais. Entre elas estão:

  • LiteSpeed e CPNginx (“aceleradores” de servidor);
  • CloudFlare (CDN);
  • MariaDB e PostGreSQL (banco de dados);
  • Varnish (cache).

Desse grupo, vale salientar a importância da CDN (Content Delivery Network/Rede de Fornecimento de Conteúdo). Em resumo, trata-se de um sistema que tem como propósito acelerar e proteger os sites.

A aplicação é capaz de hospedar o conteúdo estático de uma loja virtual em diversos servidores, independentemente da localização (espalhados por todos os cantos do planeta).

Quando o usuário da internet requisitar o seu acesso, o CDN fará essa “liberação” com base no servidor mais próximo a ele, reduzindo o tempo de espera e contribuindo para a melhora da sua experiência de navegação.

E não pense que para por aí, já que ao fazer uma boa escolha no que se refere ao seu serviço de hospedagem, você garantirá que os picos de acesso ao site não deixarão o seu e-commerce lento e que muito menos o derrubem do ar.

Contudo, é preciso planejar e monitorar as métricas de tráfego de forma constante, notificando o provedor sempre que você achar necessário.

Caso tenha optado por alguma plataforma Open Source, como o Magento, o cuidado na hora de escolher o fornecedor deve ser ainda maior. Aqui, a dica é simples: contrate uma hospedagem especializada e direcionada especificamente para ele.

Segurança

Tão significativo quanto o desempenho está a segurança. Proteção de ataques DDoS, monitoramentos frequentes, firewalls, backups e o certificado SSL servem como exemplos de atribuições que estarão inclusas em uma boa infraestrutura.

Tratando-se das lojas virtuais, a aplicação desses fatores ganha uma importância ainda maior. O motivo? A obrigatoriedade de garantir que os dados sensíveis dos clientes (informações pessoais e financeiras) não sejam roubados pelos criminosos virtuais.

Fique você sabendo que, a cada dia cresce o número de hackers tentando invadir os sistemas na internet. Nesse contexto, as empresas de comércio eletrônico estão entre os alvos mais cobiçados.

Ao não contratar uma hospedagem segura, os riscos aumentam consideravelmente em relação aos resultados da loja virtual, podendo ocasionar a perda das vendas pela não credibilidade passada aos usuários.

Se você acha que eles não sabem quando estão em um site seguro ou não, está enganado. Sim, os internautas estão a par desse assunto, sendo o certificado SSL a ferramenta de maior ajuda.

Mesmo que eles não a reconheçam dessa maneira, a maioria deles sabe que uma loja virtual protegida é aquela que tem um “cadeadinho verde” seguido da palavra “seguro” antes do seu domínio (endereço web).

O certificado SSL é imprescindível para todo e qualquer tipo de loja virtual, já que tem como objetivo proteger os dados privados dos clientes: ele faz isso com base em uma sofisticada tecnologia de criptografia, tornando praticamente impossível o acesso às informações que trafegam entre o navegador e o servidor de hospedagem.

SEO

Outro aspecto que vale ser mencionado é o SEO, sigla para Search Engine Optimization, que em português pode ser traduzido para “otimização dos motores de busca”, a exemplo do Google, do Bing e do Yahoo!.

Como você sabe, o Google, em especial, já se tornou uma espécie de caminho sem volta da internet. Quando precisamos de algo na rede, é por meio dele que encontramos o que queremos.

Todavia, quando uma loja virtual não está de acordo como as normas de SEO, dificilmente os internautas a encontrarão nas páginas de pesquisa dos buscadores. Para colocar um site nas primeiras posições, a aplicação desse conceito é indispensável.

O que você deve estar se perguntando, agora, é o que isso tem a ver com a hospedagem, certo? Pois bem, para responder essa pergunta, apresentamos duas considerações.

A primeira é que a demora no carregamento das páginas prejudicará o SEO do site: o Google penaliza todos aqueles que não proporcionam um bom tempo de carregamento.

A segunda, por sua vez, é referente à questão da segurança que acabamos de citar, o certificado SSL. Uma infraestrutura mal elaborada raramente tem essa proteção que, por sinal, também é vista com maus olhos pelo Google.

Isso quer dizer que ambas as situações (não ativação do SSL e baixa velocidade de carregamento) prejudicarão a posição da loja virtual nas buscas online, fato que por si só já influencia negativamente nos resultados do negócio.

Por fim, não poderíamos esquecer de falar sobre como escolher a melhor hospedagem para a sua loja virtual. De forma clara e objetiva, opte por aquelas que são reconhecidas e realmente especializadas no que fazem, observando os seguintes pontos:

  • disponibilidade (não aceite um uptime inferior a 99%);
  • armazenamento disponível (se houver planos com espaço ilimitado não se preocupe quanto a essa questão);
  • tráfego mensal (verifique os limites);
  • suporte ao cliente (veja quais são os canais de contato e se os atendentes estarão disponíveis a qualquer momento);
  • se existe planos específicos, como hospedagem Magento, WordPress etc.;
  • Segurança (tenha a certeza de que o fornecedor oferece backups constantes e a redundância de informações).

O que achou deste artigo. Gostou? Então deixe seu comentário aqui pra gente!

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of
trackback

[…] nome sugere, um servidor dedicado é exclusivo de um usuário, inteiramente voltado para o seu e-commerce. Todos os servidores têm um limite de tráfego, mas os servidores dedicados têm um limite maior, […]