Social Media: não tenha medo de ser engraçado!

Social Media: não tenha medo de ser engraçado!

Tudo bem, social media… Acredite, nós entendemos suas angústias e sabemos que é preciso ter muito cuidado com o conteúdo a ser publicado nas redes sociais. Como lidamos com pessoas e sentimentos, corremos o risco de nem sempre acertar, mas é importante – por mais clichê que isso possa parecer – que tentemos sair do óbvio, sem deixar a responsabilidade e a seriedade de lado, é claro.

Antes de mais nada, é importante que você saiba que é possível sim levar informação de qualidade para seu público usando o humor. A prova disso? A página do Facebook da Prefeitura de Curitiba, a tão amada Prefs que conquistou o Brasil e virou case nacional. ♥

Em maio deste ano o portal Mashable publicou um artigo com 4 razões para você não ter medo de ser engraçado nas redes sociais, já que existem tantos posts e vídeos virais engraçadíssimos sendo compartilhados pelo mundo afora. Confira:

O humor une as pessoas 🙂

Rir é contagiante e, segundo o professor de piscologia e neurociência da Universidade de Maryland Baltimore Country, nós somos capazes de rir 30 vezes mais acompanhados do que sozinhos. O artigo também traz um dado interessante: Sorrir alivia tensões e forma um senso de unidade por meio de grupos. Ou seja, quando usamos o humor para obter fãs no Facebook e seguidores no Insta ou no Twitter, ajudamos a estabelecer um senso de comunidade e estabelecer melhores conexões entre a marca e os clientes.

Desencadeia reações emocionais ;P

Já está mais do que comprovado que rir nos ajuda a aliviar o estresse e nos faz bem. Então, social media, invista no humor ao responder os comentários do seu público. Dessa forma você associa a sua marca a sentimentos positivos e interage melhor com a galera.

Sua marca será lembrada com mais facilidade ;D

Sentimentos positivos são capazes de criar memórias. Segundo uma pesquisa linkada na matéria, 42% das experiências positivas são esquecidas, enquanto 60% das negativas desaparecem. Por exemplo: é muito mais fácil se lembrar de um post legal do Facebook do que uma plublicação maçante ou um vídeo chato no YouTube. Se você faz seus seguidores se sentirem bem por meio de publicações bem-humoradas, ele se lembrará da sua marca, seja a curto ou longo prazo. Afinal, mesmo no mundo online o famoso marketing boca a boca funciona e é muito legal ouvir ou ler comentários do tipo “Legal a forma como eles respondem o pessoal nas redes, né?”. Invista!

O humor fornece insights de audiência! 😉

O diretor do laboratório de pesquisa Humor Research Lab e autor do livro Humor Code afirma que “engraçado” é algo que está entre o agradável e o grosseiro. Se algo é apenas agradável, como uma observação cotidiana, não vai ser engraçado. Se o post traz uma visão grosseira ou ofensiva sobre algum fato, ele também não será engraçado. É no meio-termo que a graça acontece. Só que é preciso ter muito bom senso e responsabilidade para chegar a “junção perfeita” e isso pode gerar algum risco. Mas ao perceber se o post foi bem ou mal você saberá se vale ou não investir nesse tipo de conteúdo.

E então, #partiu investir nesse tipo de postagem? Lembrando que para deixar o conteúdo mais engraçado, uma boa hashtag, emoticons, gifs e memes são válidos. As ideias para posts podem surgir com um pouco de dificuldade e a abordagem muitas vezes pode não ser a certa, mas as mídias digitais permitem testar e interagir rapidamente com o público, o que ajuda muito. 😉

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of