VPS e Cloud Server: qual é a diferença?

VPS e Cloud Server: qual é a diferença?

Muitas vezes, os termos VPS e Cloud Server aparecem juntos, como se fossem semelhantes ou intercambiáveis. Apesar de existirem semelhanças, esses são dois tipos de hospedagem distintas, cada um com suas vantagens. Para tomar a decisão de qual é a melhor hospedagem para o seu site, é importante saber quais são as possibilidades de cada uma. Em muitos casos, o discurso de marketing acaba impedindo que as reais características dessas duas estruturas apareçam. A utilização de VPS ou Cloud Server pode fazer grandes diferenças no sucesso de um site ou aplicação, principalmente se seu negócio for altamente baseado na presença online.

O que é VPS?

VPS é a sigla de Virtual Private Server, ou servidor virtual privado. Uma VPS é, na verdade, um servidor dedicado dividido em várias partes, cada qual atuando como um servidor individual. Ou seja, trata-se de uma única máquina, rodando diversas aplicações web (sites, softwares, entre outro), mas que disponibiliza espaços exclusivos para usuários.

A VPS pode ser uma solução barata para clientes com necessidades específicas, que necessitam de mais recursos, como memória e processador, que vão além do que uma solução compartilhada pode oferecer. No entanto, assim como em um servidor dedicado, as possibilidades de configuração e segurança ficam totalmente a cargo de quem a utiliza. Isso também significa alguns riscos, principalmente no que diz respeito à disponibilidade, que pode ficar comprometida caso exista algum problema no hardware do servidor.

O que é Cloud Server?

Hospedar seu site em um Cloud Server significa que, ao invés de contar com uma máquina física, você está utilizando um espaço na nuvem. A estrutura na nuvem é formada por diversas máquinas físicas, dividindo os recursos. Desta forma, se, por algum acaso existir algum problema com os servidores, outra máquina assume a carga, diminuindo o risco de downtime do seu site ou aplicação, significando alta disponibilidade para o seu site.

Outra questão que diferencia o Cloud Server de estruturas físicas é a possibilidade de escalar recursos. Digamos que o seu site cresça e comece a receber mais visitas, consumir mais recursos: essa é uma situação muito bem vinda e que todo negócio que viver. Quando você hospeda seu site em uma estrutura de Cloud, pode aumentar recursos a qualquer momento: essa flexibilidade ocorre porque a nuvem não tem limitação de recursos como uma máquina física. A utilização de Cloud Server entra na categoria de IaaS – Infrastructure as a Service, ou infraestrutura como serviço, uma forma de contratar servidores de acordo com necessidade do seu negócio.

VPS x Cloud Server: qual é a melhor opção?

Como em diversas decisões de negócio, a resposta para essa pergunta é que depende da necessidade da sua empresa e do seu site ou aplicação. A principal vantagens de uma hospedagem em VPS é o preço, que é menor do que o de um servidor dedicado, mas ainda oferece algumas das mesmas vantagens. A desvantagem dessa opção é que, se seu site ou aplicação precisa atender a missões críticas, a VPS pode oferecer riscos de downtime e pode custar dinheiro à sua empresa.

Para sites que utilizam muito recursos ou que têm volumes de acessos que variam de acordo com o tempo, o Cloud é a melhor opção, por oferecer flexibilidade. Apesar do preço do Cloud Server ser mais alto, e variar de acordo com a configuração da máquina, esta estrutura é muito indicada, principalmente para negócios que fiquem muito prejudicados com seu site fora do ar, já que proporciona alta disponibilidade para o seu site.

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of