fbpx

SPAM, presunto e comédia

SPAM, presunto e comédia

Powered by Rock Convert

Achou o título estranho? Concordo, é “meio” estranho. Mas vai fazer sentido quando você terminar de ler este post. Esclarecendo: não vamos falar muito de presunto e comédia, mas vamos contar a origem do termo SPAM – tão presente no nosso dia a dia. 

Você pode até duvidar, mas uma das hipóteses sobre a origem do termo está relacionada a uma marca de presunto muito comum, que surgir na década de 30. No caso, SPAM seria a abreviatura de Spiced Ham, presunto condimentado produzido por uma empresa americana.

Ok, o termo SPAM e o presunto já estão explicados. Mas e a comédia?

Bom, aqui vem a parte engraçada. Diz a “lenda” que o produto também era vendido na Inglaterra, e um grupo de comediantes britânicos (conhecido como Monty Python) encenou um quadro em um restaurante que servia grandes quantidades de SPAM nos pratos, mesmo contra a vontade dos clientes.

O quadro foi ao ar na TV britânica na década de 70. Desde então, SPAM virou sinônimo de tudo que é enviado em grande quantidade, sem o consentimento do destinatário. Entendeu a ligação (e a graça)?

Se quer rir do típico humor inglês (e entender como a palavra se tornou tão popular), abaixo você encontra o vídeo (com legendas em português).

Não acreditou na explicação para o termo? É uma hipótese popular, mas não é a única.

Outra bem conhecida (mas que não é tão engraçada): SPAM seria a sigla para Sending and Posting Advertisement in Mass (em tradução livre, algo como envio e publicação de propaganda em massa).

É, a origem do nome é engraçada, mas lidar com o SPAM no dia a dia não tem graça nenhuma. Afinal, além de mensagens e propagandas indesejadas, em muitas situações o SPAM pode conter conteúdos bem mais perigosos, como alguns tipos de vírus.

Se você precisa de dicas para lidar com esses conteúdos indesejados na sua caixa de entrada de e-mails, confira o post do blog que apresenta o SpamAssassin – um aplicativo que trabalha em conjunto com o serviço de e-mail do servidor no combate ao SPAM.

Então, agora o título do post faz sentido? Se tiver comentários sobre o tema, compartilhe conosco no espaço para comentários.

Deixe um comentário

avatar

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Subscribe  
Notify of