fbpx

Na terra quase sem leis que hoje chamamos de internet, antes utilizada para passar informações e depois comercializada e difundida como uma maneira de quebrar barreiras e ampliar horizontes, ela é hoje considerada como um local para fazer negócios.

Entenda como local um lugar em que é possível colocar serviços e produtos em vitrines as quais chamamos de sites e blogs, sendo assim, vamos falar sobre montar negócios com pouco investimento na internet:

Serviços de designer

Tem experiência na criação e desenvolvimento de sites, blogs e peças digitais? Comece a divulgar seus serviços e venda o mesmo através de um portfólio online, aproveite os grupos de freelancer no facebook, sites como o 99freelas e outros que oferecem a oportunidade de você se cadastrar e concorrer a projetos voltados para a sua área.

Tudo o que você precisa é de um site, cartão de visitas, uma impressora e muita disposição para divulgar os seus serviços dia e noite até que consiga firmar contratos que garantam uma renda saudável.

Seja um copywriter

Trabalhe com a criação de conteúdo para a internet, escreva para blogs e sites sobre a sua área de atuação e estudo, crie um blog para divulgar suas habilidades e procure por outros blogs e sites que precisam desse tipo de serviço.

Para aqueles que não se prendem a  nichos é um ótimo mercado e que precisa a todo momento de ótimos escritores. Mas cuidado, ao vender pacotes de artigos tenha certeza de que todo o tempo gasto em pesquisa e escrita será remunerado.

Cobre por textos e quantidade de palavras, não tenha medo de concorrer com aqueles que aceitam o mínimo para fazer textos sem qualidade alguma. Mostre a que veio sempre que houver uma oportunidade e assim vai garantir o sucesso do que pode ser o início de uma carreira como escritor/bloguer.

Responda a pesquisas

Empresas de pesquisa de consumidor e diversos produtos sempre convidam pessoas ou então deixam seus respectivos sites para que os interessados se cadastrem e fiquem disponível para responder pesquisas. Muitas vezes essas pesquisas são limitadas e possuem sistemas de pontos, esses que podem ser trocados por produtos de lojas, vale compra e também dinheiro.

Comércio eletrônico: o negócio mais em alta

Se sua maior alegria é mexer com peças e coisas ligadas a artesanato, pintura e arte em geral invista em um e-commerce e venda suas peças. Aceite encomendas, divulgue nas redes sociais e invista de acordo com o número de pedidos, tudo o que vai precisar é do material do produto a ser produzido, um telefone, site e estar disponível para atender a clientela.

Escreva um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.