Como avaliar se suas ideias são realmente inovadoras?

Como avaliar se suas ideias são realmente inovadoras?

As já tradicionais técnicas de pesquisa de marketing e análise financeira, utilizadas para avaliar empreendimentos e produtos potenciais, têm rendido resultados insatisfatórios em relação a ideias inovadoras.

Pesquisando sobre o tema na web, encontramos um grupo de 5 questões que ajudam nesse processo de avaliação. O modelo baseia-se na intensidade da incerteza em cada estágio e cada momento demanda uma abordagem de análise de mercado.

1. A ideia aborda um problema relevante, frequente e que continua com soluções ineficientes?

A primeira coisa a se fazer é refletir se a ideia surge para resolver um problema.

Esse deve ser o foco inicial. Olhe a demanda e a incidência, e as respostas que o mercado oferece. Se a inovação chega sob esse aspecto, já é um bom indício de que pode ter sucesso.

2. A ideia apresenta uma forma diferente de resolver o problema?

Na hora de solucionar o problema preexistente, a ideia deve ser eficaz, acessível e ter boa relação custo-benefício. Analise se a ideia é uma melhoria ou uma potencial inovação; se tem potencial de replicabilidade; se tem viabilidade técnica e se conseguirá erguer barreiras de imitação.

Mas sempre tenha cuidado com o mito do “não temos concorrentes”. O consumidor já tem uma forma de resolver/atenuar o problema e é com isso que ele irá comparar a nova ideia.

3. A ideia tem um modelo de negócio consistente?

Agora que vc já identificou o problema e uma solução viável para ele (a sua ideia inovadora), está na hora de formatar e analisar o modelo de negócio. Afinal, o diferente pelo diferente não vende.

Para a ideia ser executável e economicamente viável, ela precisa de um modelo de negócio. Uma forma estruturada de gerar, entregar e capturar valor.

Veja se a sua ideia tem um go-to-market adequado. Pense como será produzida ou operada e se o modelo de receita captura todo o valor possível. E por fim: haverá complementadores para apoiar a ideia? Se o resultado até aqui foi satisfatório, existe um modelo de negócios que sustenta a ideia.

4. Existe um plano elaborado para aprender sobre as incertezas?

Se o negócio ainda não saiu do papel, o foco na hora de avaliar se o projeto é promissor deve ser nas incertezas que existem. Não perca tempo com análise financeira por enquanto, aproveite o momento para avaliar e testar as incertezas de forma rápida e econômica.

5. A ideia pode ter resultado financeiro interessante?

Agora sim, com a ideia em um estágio pós piloto, é hora de começar a análise do retorno financeiro. Projete receitas, despesas, investimentos, necessidade de capital de giro, fluxo de caixa, VPL e payback. Entenda bem o risco do projeto agora que já sabe o que é a ideia, qual o problema pretende resolver, como irá se diferenciar, qual seu modelo de negócio e alternativas competitivas existentes. Simule a fase de entrada; crescimento e maturação da ideia, mas não se esqueça de um potencial declínio.

Gostou das dicas? Acompanhe o nosso blog, estamos por aqui sempre com o objetivo de somar!

Deixe um comentário

avatar

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Subscribe  
Notify of